Planta de Valores é aprovada e Rogério Freitas lamenta condução da pauta

Vereador Rogério Freitas (PMDB) destacou durante sessão extraordinária realizada a repercussão das matérias apresentadas, na vida dos palmenses; foram aprovados o Orçamento 2017 e a revisão da Planta de Valores que aumentará o IPTU da Capital numa média geral de 35%, além do ITBI; conforme Rogério Feitas, a condução dos trabalhos foi desrespeitosa e as comissões se tornaram desnecessárias; ‟Foi subestimada a capacidade individual de cada vereador, pessoas que foram escolhidas para o cargo no legislativo. Não sabemos qual o papel que a Câmara está cumprindo”

Vereador Rogério Freitas (PMDB) destacou durante sessão extraordinária realizada a repercussão das matérias apresentadas, na vida dos palmenses; foram aprovados o Orçamento 2017 e a revisão da Planta de Valores que aumentará o IPTU da Capital numa média geral de 35%, além do ITBI; conforme Rogério Feitas, a condução dos trabalhos foi desrespeitosa e as comissões se tornaram desnecessárias; ‟Foi subestimada a capacidade individual de cada vereador, pessoas que foram escolhidas para o cargo no legislativo. Não sabemos qual o papel que a Câmara está cumprindo”
Vereador Rogério Freitas (PMDB) destacou durante sessão extraordinária realizada a repercussão das matérias apresentadas, na vida dos palmenses; foram aprovados o Orçamento 2017 e a revisão da Planta de Valores que aumentará o IPTU da Capital numa média geral de 35%, além do ITBI; conforme Rogério Feitas, a condução dos trabalhos foi desrespeitosa e as comissões se tornaram desnecessárias; ‟Foi subestimada a capacidade individual de cada vereador, pessoas que foram escolhidas para o cargo no legislativo. Não sabemos qual o papel que a Câmara está cumprindo” (Foto: Leonardo Lucena)

Tocantins 247 - O vereador Rogério Freitas (PMDB) destacou durante sessão extraordinária realizada na noite desta quinta-feira, 23, a repercussão das matérias apresentadas, na vida dos palmenses. Foram aprovados o Orçamento 2017 e a revisão da Planta de Valores que aumentará o IPTU da Capital numa média geral de 35%, além do ITBI.

A sessão foi convocada já no final da tarde e as tramitações dos projetos nas Comissões não foram respeitadas, tendo um pedido de vista com seu prazo regimental não obedecido. 

Conforme Rogério Feitas, a condução dos trabalhos foi desrespeitosa e as comissões se tornaram desnecessárias. Os direitos dos vereadores dentro das comissões foram atropelados e o Presidente da Casa se comportou como um monarca, com autoritarismo.

‟As comissões precisam e devem ser respeitadas. Foi subestimada a capacidade individual de cada vereador, pessoas que foram escolhidas para o cargo no legislativo. Não sabemos qual o papel que a Câmara está cumprindo”, ressaltou ele concluindo que o palmense vai acordar somente com a notícia de que pagará um IPTU mais caro.

Rogério Freitas votou contra a revisão da Planta de Valores, ou seja, contra o aumento de IPTU, ficando do lado da sociedade palmense.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247