PM apreende 30 kg de maconha com adolescente

A menor J.R.R., de 17 anos, foi presa na BR-153 na cidade de Araguaína, após denúncia anônima; ela disse aos policiais que saiu da cidade de Campo Grande (MS) com destino a Imperatriz (MA), e que viajava de carona, porém ao perceber o cheiro da maconha, o condutor do veículo resolveu deixá-la naquele local

A menor J.R.R., de 17 anos, foi presa na BR-153 na cidade de Araguaína, após denúncia anônima; ela disse aos policiais que saiu da cidade de Campo Grande (MS) com destino a Imperatriz (MA), e que viajava de carona, porém ao perceber o cheiro da maconha, o condutor do veículo resolveu deixá-la naquele local
A menor J.R.R., de 17 anos, foi presa na BR-153 na cidade de Araguaína, após denúncia anônima; ela disse aos policiais que saiu da cidade de Campo Grande (MS) com destino a Imperatriz (MA), e que viajava de carona, porém ao perceber o cheiro da maconha, o condutor do veículo resolveu deixá-la naquele local (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 - Policiais militares do 2º Batalhão apreenderam uma mala com 30 kg de maconha, carregada pela menor J.R.R., de 17 anos. O fato aconteceu por volta das 14h30, desta terça-feira, dia 4, na BR 153, no setor Barros, em Araguaína. 

Segundo informações da PM, os policiais receberam uma denúncia anônima e no local indicado encontrava-se a garota com uma mala contendo 44 tabletes de tamanho médio de substancia aparentando ser maconha e 9 tabletes de tamanho pequeno e variado. O Conselho Tutelar foi acionado e acompanhou toda a ocorrência. Uma policial realizou a busca pessoal e encontrou com a mesma uma quantia de R$ 163,00 em dinheiro e um celular com chips das operadoras Claro e Vivo.

Perguntada sobre a origem da droga, a menor J.R.R. respondeu que saiu da cidade de Campo Grande (MS) com destino a Imperatriz (MA), e que viajava de carona, porém ao perceber o cheiro da maconha, o condutor do veículo resolveu deixá-la naquele local.

Sobre quem havia lhe entregado a mercadoria, ela respondeu que não conhecia e não queria responder sobre a situação. Diante dos fatos, a menor foi conduzida à Delegacia de Policia Civil, com todos os objetos apreendidos, para os procedimentos legais.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email