PM e manifestantes entram em confronto no Recife

Uma série de protestos por moradia complicou o trânsito e acabou em confronto entre manifestantes e policiais do Batalhão de Choque no Recife; manifestantes, ligados ao Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), promoveram bloqueios em diversos pontos da capital pernambucana; ao chegarem ao Palácio do Campo das Princesas, os manifestantes entraram em confronto com policiais militares que tentavam impedir o protesto; PM usou balas de borracha e bombas de efeito moral para dispersar a multidão

Uma série de protestos por moradia complicou o trânsito e acabou em confronto entre manifestantes e policiais do Batalhão de Choque no Recife; manifestantes, ligados ao Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), promoveram bloqueios em diversos pontos da capital pernambucana; ao chegarem ao Palácio do Campo das Princesas, os manifestantes entraram em confronto com policiais militares que tentavam impedir o protesto; PM usou balas de borracha e bombas de efeito moral para dispersar a multidão
Uma série de protestos por moradia complicou o trânsito e acabou em confronto entre manifestantes e policiais do Batalhão de Choque no Recife; manifestantes, ligados ao Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), promoveram bloqueios em diversos pontos da capital pernambucana; ao chegarem ao Palácio do Campo das Princesas, os manifestantes entraram em confronto com policiais militares que tentavam impedir o protesto; PM usou balas de borracha e bombas de efeito moral para dispersar a multidão (Foto: Paulo Emílio)

Pernambuco 247 - Uma série de protestos por moradia complicou o trânsito e acabou em confronto entre manifestantes e policiais do Batalhão de Choque no Recife. Os manifestantes, ligados ao Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), promoveram bloqueios em diversos pontos da capital pernambucana. Ao chegarem ao Palácio do Campo das Princesas, os manifestantes entraram em confronto com policiais militares que tentavam impedir o protesto. A PM usou balas de borracha e bombas de efeito moral para dispersar a multidão.

Após o confronto, uma comissão de manifestantes foi recebida por representantes do Governo Paulo Câmara. Em seguida, eles saíram em passeata pelas ruas do Recife.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247