PM espanca militantes do PT em Salvador

A Polícia Militar de Salvador reprimiu violentamente militantes do PT que estavam no Rio Vermelho lamentando a derrota de Fernando Haddad (PT) nas eleições; a estudante da UFBA, Janaína Barata, 24 anos, foi hospitalizada após as agressões; segundo relatos de testemunhas, a violência pró-bolsonarista da polícia ocorreu após uma discussão entre ela e sua irmã com apoiadores de Bolsonaro

PM espanca militantes do PT em Salvador
PM espanca militantes do PT em Salvador
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 -  A Polícia Militar de Salvador reprimiu violentamente militantes do PT que estavam no Rio Vermelho lamentando a derrota de Fernando Haddad (PT) nas eleições. A estudante da UFBA, Janaína Barata, 24 anos, foi hospitalizada após as agressões. Segundo relatos de testemunhas, a violência pró-bolsonarista da polícia ocorreu após uma discussão entre ela e sua irmã com apoiadores de Bolsonaro.

A reportagem do site Esquerda Diário, destaca a fala da irmã de Janaína: "quando vi, Janaína estava discutindo com a polícia. Peguei ela, puxando pra ela parar de discutir. Aí agrediram ela com um cassetete".

Segundo a reportagem, a PM seguiu a repressão aos presentes com uso de spray de pimenta. Os amigos de Janaína a levaram à Igreja Sant'Ana do Rio Vermelho, onde aguardaram a chegada de socorro.

A matéria ainda relata outros casos de violência pelo país: "em São Paulo, uma manifestação contra Bolsonaro foi reprimida como parte da comemoração da PM do estado, dando uma amostra do papel que cumprirá em seu governo perante seus opositores".

 

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247