PM pede pra MP vetar atos pró e contra Lula na Paulista

A Polícia Militar pedirá ao MP-SP para vetar atos pró ou contra Lula no dia 24, quando o ex-presidente será julgado pelo TRF4, em Porto Alegre, no processo envolvendo o triplex no Guarujá; pedido foi anunciado depois que órgãos de segurança e representantes da CUT, do MBL e do grupo Revoltados Online não fecharam um acordo para fazer manifestações em dias diferentes no local

PM pede pra MP vetar atos pró e contra Lula na Paulista
PM pede pra MP vetar atos pró e contra Lula na Paulista (Foto: Ricardo Stuckert)

SP 247 - A Polícia Militar pedirá nesta quarta-feira (17) ao Ministério Público de São Paulo para vetar atos pró ou contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no próximo dia 24, quando o petista será julgado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região), em Porto Alegre, no processo sobre o triplex no Guarujá.

O pedido foi anunciado depois que órgãos de segurança e representantes da Central Única dos Trabalhadores, do MBL (Movimento Brasil Livre) e do grupo Revoltados Online não não fecharam um acordo sobre as manifestações programadas para o local - o encontro aconteceu a portas fechadas.

A PM precisa de um aviso prévio sobre as manifestações. Segundo a corporação, não há "condições técnicas de segurança" para que os grupos, ideologicamente antagônicos, se reúnam no mesmo dia com as suas militâncias na avenida.

O capitão Marcelo Luís Ament Caron, que responde pela coordenação operacional do batalhão e das ações na avenida, nenhuma das partes concordou em fazer eventos em dias distintos. Apesar de vetar atos, a PM descartou a possibilidade fechar a Paulista, mesmo com manifestações. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247