PM prende acusado de matar idoso a golpes de machado

Diógenes Araújo Cardoso, 26 anos, é acusado de ter matado a golpes de machado o aposentado Antônio Pedro da Silva, 62 anos; de acordo com informações da PM, o homicídio ocorreu na noite desse domingo, 16, na fazenda Coitê, município de Arraias, região Sudeste do Tocantins; após o crime o autor fugiu; na tentativa de prendê-lo, os policiais realizaram diligências durante toda a noite de domingo, sendo estendidas as buscas até esta manhã de segunda-feira, quando foi possível localiza-lo e efetuar sua prisão

Diógenes Araújo Cardoso, 26 anos, é acusado de ter matado a golpes de machado o aposentado Antônio Pedro da Silva, 62 anos; de acordo com informações da PM, o homicídio ocorreu na noite desse domingo, 16, na fazenda Coitê, município de Arraias, região Sudeste do Tocantins; após o crime o autor fugiu; na tentativa de prendê-lo, os policiais realizaram diligências durante toda a noite de domingo, sendo estendidas as buscas até esta manhã de segunda-feira, quando foi possível localiza-lo e efetuar sua prisão
Diógenes Araújo Cardoso, 26 anos, é acusado de ter matado a golpes de machado o aposentado Antônio Pedro da Silva, 62 anos; de acordo com informações da PM, o homicídio ocorreu na noite desse domingo, 16, na fazenda Coitê, município de Arraias, região Sudeste do Tocantins; após o crime o autor fugiu; na tentativa de prendê-lo, os policiais realizaram diligências durante toda a noite de domingo, sendo estendidas as buscas até esta manhã de segunda-feira, quando foi possível localiza-lo e efetuar sua prisão (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 - Policiais da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar prenderam nesta segunda-feira, 17, Diógenes Araújo Cardoso, 26 anos, acusado de ter matado a golpes de machado o aposentado Antônio Pedro da Silva, 62 anos.

De acordo com informações da PM, o homicídio ocorreu na noite desse domingo, 16, na fazenda Coitê, município de Arraias, região Sudeste do Tocantins. Após o crime o autor fugiu.

Na tentativa de prendê-lo, os policiais realizaram diligências durante toda a noite de domingo, sendo estendidas as buscas até esta manhã de segunda-feira, quando foi possível localiza-lo e efetuar sua prisão. A PM ainda não tem conhecimento dos motivos que levaram o autor a cometer o crime.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email