PMA prevê orçamento R$ 30 milhões menor em 2016

A prefeitura de Aracaju trabalha com a previsão de orçamento para 2016 inferior ao valor deste ano; segundo o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão da capital, Igor Albuquerque, a elaboração da lei para o próximo ano está sendo feita com um valor 1,65% menor, o que representa R$ 30 milhões a menos; para 2016, a previsão orçamentária será de R$ 1,766 bilhão; “Em 2016 todo mundo terá menos e é necessário agir com responsabilidade para reduzir os custos. É melhor assumir uma postura mais conservadora agora do que dar um salto que não poderemos dar conta”, disse Igor

A prefeitura de Aracaju trabalha com a previsão de orçamento para 2016 inferior ao valor deste ano; segundo o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão da capital, Igor Albuquerque, a elaboração da lei para o próximo ano está sendo feita com um valor 1,65% menor, o que representa R$ 30 milhões a menos; para 2016, a previsão orçamentária será de R$ 1,766 bilhão; “Em 2016 todo mundo terá menos e é necessário agir com responsabilidade para reduzir os custos. É melhor assumir uma postura mais conservadora agora do que dar um salto que não poderemos dar conta”, disse Igor
A prefeitura de Aracaju trabalha com a previsão de orçamento para 2016 inferior ao valor deste ano; segundo o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão da capital, Igor Albuquerque, a elaboração da lei para o próximo ano está sendo feita com um valor 1,65% menor, o que representa R$ 30 milhões a menos; para 2016, a previsão orçamentária será de R$ 1,766 bilhão; “Em 2016 todo mundo terá menos e é necessário agir com responsabilidade para reduzir os custos. É melhor assumir uma postura mais conservadora agora do que dar um salto que não poderemos dar conta”, disse Igor (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sergipe 247 - A prefeitura de Aracaju trabalha com a previsão de orçamento para 2016 inferior ao valor deste ano. Segundo o secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão da capital, Igor Albuquerque, a elaboração da lei para o próximo ano está sendo feita com um valor 1,65% menor, o que representa R$ 30 milhões a menos. Para 2016, a previsão orçamentária será de R$ 1,766 bilhão.

“Em 2016 todo mundo terá menos e é necessário agir com responsabilidade para reduzir os custos. É melhor assumir uma postura mais conservadora agora do que dar um salto que não poderemos dar conta”, disse Igor.

Ele ressaltou que é muito provável que a PMA não consiga nem executar o que está previsto o ano em curso. “Foi feita uma previsão ainda conservadora, mas que provavelmente não vai chegar o dinheiro que foi previsto e isso dificulta e muito o cumprimento das obrigações financeiras por parte da Prefeitura. Para o ano que vem a ideia é tentar prever, segurando a receita. Esse percentual ainda é provisório, poderá ser aumentado esse decréscimo, mas deveremos ter redução orçamentária em todas as secretarias, exceto nas secretarias de Educação e de Saúde”, explica.

O secretário pondera que o país se encontra numa “situação adversa”, com um quadro de estagnação e inflação crescente. “Hoje, o cidadão pode observar que a cada mês que leva R$ 100 para o supermercado, irá trazer menos produtos e isso se chama inflação”, afirmou. Até o próximo dia 20 de novembro, a administração municipal encaminhará o projeto de lei orçamentária para a Câmara de Vereadores.

Nesta semana, a Seplog realizou uma audiência pública para discutir a elaboração do orçamento. Além disso, continua aberta no site da Prefeitura de Aracaju a consulta pública online, onde o cidadão participa e ajuda na elaboração da Lei Orçamentária de 2016. O mecanismo permanecerá à disposição até o próximo dia 23 de outubro. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email