PMDB goiano pressiona Caiado por filiação para 2018

O tempo está se correndo para o senador Ronaldo Caiado (DEM); se quiser ser candidato ao governo de Goiás com apoio do PMDB terá que se filiar ao partido de Iris Rezende; deputados peemedebistas e lideranças influentes afirmam com clareza que partido terá candidato próprio e praticamente descartam apoiar Caiado fora da legenda; no entanto, mesmo se entrar nos quadros do PMDB, Caiado não tem garantia; vai enfrentar as concorrências de Maguito e Daniel Vilela e talvez até de Iris, que acaba de ser eleito prefeito de Goiânia

caiado
caiado (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - Fica mais claro a cada declaração de algum peemedebista que o PMDB dificilmente vai apoiar a candidatura do senador Ronaldo Caiado (DEM) ao governo de Goiás em 2018 sem que ele esteja no partido. O deputado estadual e prefeito eleito de Catalão, Adib Elias, um dos peemedebistas mais influentes, deu a senha para Caiado.

Em entrevista ao site Pauta Goiás, Adib afirmou que enxerga possibilidade de o senador ser o candidato do PMDB ao governo. O deputado afirmou que a parceria entre Iris Rezende e Caiado é "muito forte". E concluiu que não tem preferência entre o deputado Daniel Vilela e Caiado, desde que seja uma "candidatura peemedebista".

Porém, não há garantia que a filiação garanta para Caiado a candidatura ao Palácio das Esmeraldas. Existe a concorrência de Daniel e do próprio prefeito Maguito Vilela. E dentro do PMDB, Caiado tem inimigos mortais. Um deles é o deputado estadual José Nelto, que já disse não ter medo algum do senador.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247