PMDB negocia com Dias e Temer para minimizar efeitos da crise

O PMDB pretende fechar parcerias com os governos estadual e federal para tentar minimizar os efeitos da crise financeira sobre as administrações municipais, sobretudo nas cidades onde o partido conseguiu eleger o prefeito em 2 de outubro; o PMDB, que elegeu 25 prefeitos em 2012 e somente 21 em 2016, disputou a prefeitura em 64 municípios; presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles Filho (PMDB) será o mediador dessas audiências dos prefeitos eleitos pela sigla peemedebista com o governador Wellington Dias e com o presidente Michel Temer

O PMDB pretende fechar parcerias com os governos estadual e federal para tentar minimizar os efeitos da crise financeira sobre as administrações municipais, sobretudo nas cidades onde o partido conseguiu eleger o prefeito em 2 de outubro; o PMDB, que elegeu 25 prefeitos em 2012 e somente 21 em 2016, disputou a prefeitura em 64 municípios; presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles Filho (PMDB) será o mediador dessas audiências dos prefeitos eleitos pela sigla peemedebista com o governador Wellington Dias e com o presidente Michel Temer
O PMDB pretende fechar parcerias com os governos estadual e federal para tentar minimizar os efeitos da crise financeira sobre as administrações municipais, sobretudo nas cidades onde o partido conseguiu eleger o prefeito em 2 de outubro; o PMDB, que elegeu 25 prefeitos em 2012 e somente 21 em 2016, disputou a prefeitura em 64 municípios; presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles Filho (PMDB) será o mediador dessas audiências dos prefeitos eleitos pela sigla peemedebista com o governador Wellington Dias e com o presidente Michel Temer (Foto: Leonardo Lucena)

Piauí Hoje - O PMDB pretende fechar parcerias com os governos estadual e federal para tentar minimizar os efeitos da crise financeira sobre as administrações municipais, sobretudo nas cidades onde o partido conseguiu eleger o prefeito em 2 de outubro. O PMDB, que elegeu 25 prefeitos em 2012 e somente 21 em 2016, disputou a prefeitura em 64 municípios.

Uma das prefeituras que será administrada pelo PMDB é a de Parnaíba, a 334 Km de Teresina, segunda maior cidade do estado, com economia baseada na agricultura, pecuária, turismo, extração e pesca, fundada em 4 de agosto de 1.844, com área territorial de 435,67 Km² e população de 150 mil habitantes, onde o ex-governador Francisco de Assis de Moraes Souza, o “Mão Santa” (SD), bateu o prefeito Florentino Neto (PT) e voltou à cena política depois de um longo jejum sem vencer nas urnas.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho (PMDB), será o mediador dessas audiências dos prefeitos eleitos pelo PMDB com o governador Wellington Dias e com o presidente da República, Michel Temer.

Themístocles Filho se reuniu com Mão Santa logo após a vitória, quando propôs uma “trégua” nas questões políticas para buscar parcerias para os projetos que pretendem colocar em prática já a partir de 1º de janeiro de 2017. “Vamos deixar a política de lado para tratarmos das questões administrativas”.

Themístocles Filho também aconselhou Mão Santa a buscar ajuda de Brasília para Parnaíba. Numa ligação para o senador Elmano Ferrer (PTB), o presidente da Assembleia Legislativa pediu que ele intermediasse um encontro com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) para que esse tentasse agendar uma reunião de Mão Santa com Temer. “O caminho para falar com Temer é o presidente do Senado”, ensinou.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247