PMDB pressiona Iris sobre candidatura ao Paço

Executiva do partido se reúne nesta tarde com Iris Rezende para tratar da eleição municipal em Goiânia; PMDB quer que Iris confirme logo a candidatura para evitar mais deserções e complicações na montagem da chapa de vereadores; na janela partidária, cinco vereadores do PMDB deixaram a legenda; Iris costuma esperar até o último momento e então afirmar que apelo dos aliados e vontade divina fizeram com que ele aceitasse mais um desafio

iris
iris (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - A recente desidratação do PMDB na Câmara Municipal, perdendo cinco vereadores, preocupou a executiva do partido. Nesta segunda-feira, a executiva se reúne com o ex-prefeito Iris Rezende, no escritório político do cacique peemedebista.O objetivo do encontro é claro entre os peemedebistas: pressionar (mesmo que de forma indireta) Iris para que ele resolva logo sua candidatura a prefeito de Goiânia.

O PMDB não tem outro nome na manga e Iris lidera as pesquisas com boa vantagem à frente do segundo colocado. Porém, o ex-prefeito repete a tática de eleições anteriores e demora a confirmar que irá participar do pleito, deixando peemedebistas apreensivos. A indecisão faz com que a montagem da chapa de vereadores se transforme numa incógnita.

Com Iris, é certeza de aglutinação e atração de candidatos. Já sem ele, os peemedebistas preveem um cenário com menos candidatos e talvez até de mais deserções. Iris Rezende deu aval para que o PMDB rompesse de vez a aliança com o PT e o prefeito Paulo Garcia. Todos no partido acreditam que o ex-governador será mesmo candidato e por isso mesmo querem um anúncio oficial.

Iris, em seu melhor estilo, parece não ter pressa. O peemedebista costuma esperar até o último momento e então afirmar que os apelos dos aliados e a vontade divina fizeram com que ele aceitasse mais um desafio.

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247