Polícia apreende 30 toneladas de carne ilegal

Polícia Civil chegou ao  frigorífico clandestino no bairro de Valéria após denúncia anônima; de origem bovina e suína, a carne estava sem refrigeração e espalhada sobre o piso do frigorífico, com sinais de putrefação e presença de larvas de insetos

Polícia apreende 30 toneladas de carne ilegal
Polícia apreende 30 toneladas de carne ilegal
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247

Os soteropolitanos se livraram do risco de comer carne podre nos próximos dias. A Polícia Civil da Bahia apreendeu mais de 30 toneladas de carne armazenadas de maneira irregular em um frigorífico clandestino, localizado em um prédio no Loteamento Jardim Terra Nova, no bairro de Valéria, em Salvador. Ação partiu de denúncia anônima.

Responsáveis pelo estabelecimento, Orlando Silva Santos, de 34 anos, e José Evaldo Ribeiro de Macedo, de 49, foram presos e levados para a Delegacia do Consumidor.

De origem bovina e suína, a carne não estava refrigerada e grande parte se encontrava espalhada sobre o piso do frigorífico, com sinais de putrefação e presença de larvas de insetos.

Foram encontradas no local várias notas fiscais de açougues e supermercados instalados em bairros de Salvador, onde o produto apreendido era comercializado.

A titular da Delegacia do Consumidor, delegada Carla Santos Ramos, afirmou que o estabelecimento não estava autorizado a comercializar ou armazenar a carne e utilizava dois selos de autenticação da Adab, em nome de outras empresas, uma delas com sede no Piauí.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247