Polícia apreende meia tonelada de droga em Aparecida

 Equipes do Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva (GIRO) da Polícia Militar de Goiás prenderam na quinta-feira (16) dois traficantes com cerca de 540 kg de maconha em Aparecida de Goiânia; segundo informações da Polícia Militar, a droga é originária do Paraguai e seria distribuída na Região Metropolitana e cidades vizinhas

 Equipes do Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva (GIRO) da Polícia Militar de Goiás prenderam na quinta-feira (16) dois traficantes com cerca de 540 kg de maconha em Aparecida de Goiânia; segundo informações da Polícia Militar, a droga é originária do Paraguai e seria distribuída na Região Metropolitana e cidades vizinhas
 Equipes do Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva (GIRO) da Polícia Militar de Goiás prenderam na quinta-feira (16) dois traficantes com cerca de 540 kg de maconha em Aparecida de Goiânia; segundo informações da Polícia Militar, a droga é originária do Paraguai e seria distribuída na Região Metropolitana e cidades vizinhas (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - Equipes do Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva (GIRO) da Polícia Militar de Goiás prenderam na quinta-feira (16) dois traficantes com cerca de 540 kg de maconha em Aparecida de Goiânia. Segundo informações da Polícia Militar, a droga é originária do Paraguai e seria distribuída na Região Metropolitana e cidades vizinhas.

Além da grande quantidade de droga apreendida, na casa de um dos suspeitos a polícia encontrou ainda duas balanças de médio e grande porte, utilizadas para a pesagem dos entorpecentes. As drogas apresentam embalagens de cores variadas, identificadas segundo o teor de pureza e qualidade, que influenciaria no valor de comércio.

Foram presos Aglailson Januário do Nascimento, de 26 anos, e Charles Alberto Fernandes Manzotte, de 36. De acordo com o comandante do GIRO, Major Elder Joaquim da Costa, o primeiro possui várias passagens por diversos crimes - tráfico de drogas é um deles.

Homens do GIRO chegaram até o local onde estava a droga logo após a prisão de Aglailson. “Os policiais perceberam que o celular do suspeito informava a chegada de várias mensagens, o que chamou a atenção das equipes. Ao verificar o teor da conversa, percebeu-se que tratava de avisos para que o criminoso fosse ao local indicado buscar os entorpecentes”, relatou major Elder.

De porte das informações e endereço, os policiais seguiram para a casa do segundo suspeito, Charles Manzotte, que no momento da abordagem tentou fugir, mas foi contido pelas equipes policiais. Os dois suspeitos seguem presos e a polícia continuará com as investigações para saber se existem mais pessoas envolvidas nos crimes de receptação e comércio de drogas.

GRAer

Outra força especializada da Polícia Militar, o Grupo de Radiopatrulha Aérea (GRAer) estourou, na tarde desta quinta-feira, laboratório de drogas no Jardim Novo Mundo. Na residência foram encontrados cerca de 20 kg de cocaína pronta para o consumo e comércio, insumos, uma metralhadora, pistolas de calibre restrito, outras armas de fogo, munição, além de R$ 50 mil em espécie.

Os policiais chegaram ao local após captura de um foragido da justiça e por meio de entrevistas com moradores do setor, que o ligou ao comércio de entorpecentes. Renato Pereira do Nascimento, de 25 anos, estava foragido desde o ano passado quando cumpria pena no regime semiaberto.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247