Polícia Militar ampara comunidade Kalunga

A distribuição de 16 toneladas de alimentos – arrecadados pela Polícia Militar junto aos alunos da Academia e a estudantes dos colégios militares - para as vítimas de enchente, ocorrida no início do mês passado, na Comunidade Kalunga, em Cavalcante e Monte Alegre de Goiás terminou na sexta-feira (25), nas comunidades Riachão e Saco Grande; vice-governador José Eliton assumiu compromisso de ajudar comunidade na reconstrução das casas destruídas

A distribuição de 16 toneladas de alimentos – arrecadados pela Polícia Militar junto aos alunos da Academia e a estudantes dos colégios militares - para as vítimas de enchente, ocorrida no início do mês passado, na Comunidade Kalunga, em Cavalcante e Monte Alegre de Goiás terminou na sexta-feira (25), nas comunidades Riachão e Saco Grande; vice-governador José Eliton assumiu compromisso de ajudar comunidade na reconstrução das casas destruídas
A distribuição de 16 toneladas de alimentos – arrecadados pela Polícia Militar junto aos alunos da Academia e a estudantes dos colégios militares - para as vítimas de enchente, ocorrida no início do mês passado, na Comunidade Kalunga, em Cavalcante e Monte Alegre de Goiás terminou na sexta-feira (25), nas comunidades Riachão e Saco Grande; vice-governador José Eliton assumiu compromisso de ajudar comunidade na reconstrução das casas destruídas (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - A distribuição de 16 toneladas de alimentos – arrecadados pela Polícia Militar junto aos alunos da Academia e a estudantes dos colégios militares - para as vítimas de enchente, ocorrida no início do mês passado, na Comunidade Kalunga, em Cavalcante e Monte Alegre de Goiás terminou nesta sexta-feira (25), nas comunidades Riachão e Saco Grande. No dia 23 a distribuição foi no Vão do Moleque e, no dia seguinte, quinta-feira (24), na comunidade Vão de Almas.

O Exército Brasileiro cedeu os caminhões para transportar os alimentos até os destinos que estão distantes cerca de 700km da Capital. Eles partiram no último dia 22 do pátio da Academia da Polícia Militar, em Goiânia.

Há um ano a PM desenvolve o Programa Kalunga na comunidade de mesmo nome. Entre as ações, está a implantação da Polícia Comunitária e a conscientização por meio do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), programa adaptado do modelo norte-americano Drug Abuse Resistence Education (D.A.R.E.) surgido em 1983, e que chegou ao Brasil em 1992, que em Goiás é voltado também para a prevenção de crimes de natureza sexual.

José Eliton visitou local

Tão logo tomou conhecimento das enchentes que causaram estragos na comunidade Kalunga, o vice-governador e secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), José Eliton, que na época estava interinamente como governador, seguiu para a região para prestar assistência às famílias atingidas.

Na ocasião, José Eliton afirmou que o Governo do Estado iria ajudar na reconstrução das casas destruídas pela chuva: “Estamos consternados com a tragédia e vamos prestar toda a assistência às famílias atingidas”, garantiu. Por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab) foram destinados cheques moradias para realizar as reconstruções.

Equipes do governo que acompanharam o governador em exercício verificaram a situação da comunidade e elaboraram lista das necessidades dos moradores, além das obras emergenciais de infraestrutura que precisavam ser feitas. Na ocasião, José Eliton anunciou parcerias com as prefeituras envolvidas para levar outros benefícios à população da Região.

Ficou estabelecido também que a Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) realizaria estudos para a reforma das pontes danificadas na região. Entre elas, a ponte sobre o Rio dos Bois, em Teresina de Goiás, que foi levada pela enchente e deixou 270 famílias da comunidade isoladas.

Foram doados durante a visita, por meio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), 425 quilos de alimentos, 600 litros de leite, além de fraldas e enxovais de bebê. Além disso, segundo José Eliton, o governo distribuiu roupas e medicamentos. Muitos donativos foram enviados também pela população das cidades vizinhas.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247