Polícia prende suspeito de ter atirado dentro do HGP

“Douglinhas”, como é conhecido, já havia sido preso pela Polícia Militar no último dia 17, acusado de envolvimento no assassinato de Wirani Pereira da Silva, 21 anos, num bar da região norte de Palmas conhecido como Hotmania, mas estava em liberdade; Douglinhas é suspeito de ter invadido, juntamente com outros comparsas, a recepção do Hospital Geral de Palmas (HGP), na madrugada do último dia 18 de janeiro e efetuado vários disparos na tentativa de assassinar duas pessoas que estavam sendo atendidas

“Douglinhas”, como é conhecido, já havia sido preso pela Polícia Militar no último dia 17, acusado de envolvimento no assassinato de Wirani Pereira da Silva, 21 anos, num bar da região norte de Palmas conhecido como Hotmania, mas estava em liberdade; Douglinhas é suspeito de ter invadido, juntamente com outros comparsas, a recepção do Hospital Geral de Palmas (HGP), na madrugada do último dia 18 de janeiro e efetuado vários disparos na tentativa de assassinar duas pessoas que estavam sendo atendidas
“Douglinhas”, como é conhecido, já havia sido preso pela Polícia Militar no último dia 17, acusado de envolvimento no assassinato de Wirani Pereira da Silva, 21 anos, num bar da região norte de Palmas conhecido como Hotmania, mas estava em liberdade; Douglinhas é suspeito de ter invadido, juntamente com outros comparsas, a recepção do Hospital Geral de Palmas (HGP), na madrugada do último dia 18 de janeiro e efetuado vários disparos na tentativa de assassinar duas pessoas que estavam sendo atendidas (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 - Policiais Civis da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa prenderam nessa terça-feira, 25, em Palmas, Maicon Douglas da Silva, 23 anos de idade. “Douglinhas”, como é conhecido, já havia sido preso pela Polícia Militar no último dia 17, acusado de envolvimento no assassinato de Wirani Pereira da Silva, 21 anos, num bar da região norte de Palmas conhecido como Hotmania, mas estava em liberdade.

Além da acusação de homicídio na região Norte, Douglinhas é suspeito de ter invadido, juntamente com outros comparsas, a recepção do pronto socorro do Hospital Geral de Palmas (HGP), na madrugada do último dia 18 de janeiro e efetuado vários disparos na tentativa de assassinar duas pessoas que estavam sendo atendidas naquele local. Os tiros atingiram uma das pessoas que estavam acompanhando outros pacientes no hospital e não tinham qualquer envolvimento com o caso.

Sua prisão preventiva foi decretada pela 1ª Vara Crimina. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, investigações realizadas pela Polícia Civil pontaram que o suspeito estava escondido na residência de sua mãe, situada na região Norte.

Os agentes chegaram ao local e efetuaram sua prisão. Depois dos procedimentos que o caso requer, o indivíduo foi encaminhado a Casa de Prisão Provisória de Palmas, onde permanecerá à disposição da Justiça.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email