Policiais recebem novos coletes balísticos

Os agentes da Polícia Civil de Alagoas estão recebendo o primeiro lote contendo 500 novos coletes balísticos, do total de 2.022 que foram adquiridos; também estão sendo compradas 300 pistolas, o que permitirá que cada policial tenha uma arma acautelada para o trabalho diário

Os agentes da Polícia Civil de Alagoas estão recebendo o primeiro lote contendo 500 novos coletes balísticos, do total de 2.022 que foram adquiridos; também estão sendo compradas 300 pistolas, o que permitirá que cada policial tenha uma arma acautelada para o trabalho diário
Os agentes da Polícia Civil de Alagoas estão recebendo o primeiro lote contendo 500 novos coletes balísticos, do total de 2.022 que foram adquiridos; também estão sendo compradas 300 pistolas, o que permitirá que cada policial tenha uma arma acautelada para o trabalho diário (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - Após protestos de agentes da Polícia Civil (PC), o delegado-geral Paulo Cerqueira informou que o primeiro lote contendo 500 novos coletes balísticos chegou à Gerência de Estatística e Informática (Geinfo), departamento responsável pelo controle da carga bélica e do material de proteção pessoal da categorial neste fim de semana.

Com isso, de acordo com Paulo Cerqueira, a PC começa a pôr em prática a meta perseguida pela instituição há algum tempo, que é ter disponível colete para cada policial, com acautelamento individualizado, no máximo até o final deste ano.

No total, estão sendo adquiridos 2.022 coletes para a categoria, sendo 1.400 por meio da Secretaria de Segurança Pública, adquiridos com recursos do Governo de Alagoas, e mais 622 que serão doados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Justiça.

Inicialmente, a previsão da chegada dos coletes era para o final do mês de dezembro, mas o delegado-geral solicitou ao Geinfo que se empenhasse ao máximo junto à empresa fabricante para acelerar a chegada dos novos equipamentos, antecipando o prazo de entrega, o que começou a acontecer com a chegada deste primeiro lote.

O delegado-geral disse, ainda, que a Polícia Civil está comprando também 300 pistolas, o que permitirá que cada policial tenha uma arma acautelada para o trabalho diário.

O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol/AL) fez um protesto no dia 19 do mês passado, em frente à Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), no centro de Maceió. A categoria jogou grande parte dos equipamentos em um container de lixo para lembrar ao governo as condições precárias.

Com gazetaweb.com

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247