Política de Doria para dependentes químicos é de 'crueldade sem limites', diz Haddad

Ex-prefeito Fernando Haddad, que durante o tempo em que administrou a capital paulista manteve o programa De Braços Abertos,voltado para o atendimento e recuperação de dependentes químicos da Cracolândia, classificou, em sua conta no Twitter, a política da gestão João Doria (PSDB) sobre o assunto como sendo de uma "crueldade sem limites"; "Os 262 usuários de drogas que perderam seu alojamento, hoje perdem seu trabalho, sem serem consultados. Crueldade sem limites. Folha e Estadão jamais os entrevistaram. Invisibilidade total!!", escreveu

doria cracolândia
doria cracolândia (Foto: Paulo Emílio)

São Paulo 247 - O ex-prefeito Fernando Haddad, que durante o tempo em que administrou a capital paulista manteve o programa De Braços Abertos,voltado para o atendimento e recuperação de dependentes químicos da Cracolândia, classificou a política da gestão João Doria (PSDB) sobre o assunto como sendo de uma "crueldade sem limites" 

"Os 262 usuários de drogas que perderam seu alojamento, hoje perdem seu trabalho, sem serem consultados. Crueldade sem limites. Folha e Estadão jamais os entrevistaram. Invisibilidade total!!", posto Haddad em sua conta no Twitter. 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247