Por falta de dinheiro, PRF ‘parou’ por um mês em AL

Um mês após suspender parte das atividades em Alagoas por falta de recursos públicos, caso de rondas policiais, escolta, operações preventivas, de inteligência e de corregedoria, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) normaliza nesta quarta-feira (16) o atendimento; é que o governo federal liberou R$ 30 milhões, do saldo de R$ 163 milhões contingenciados do seu orçamento; no entanto, valores correspondem a pouco mais de 18% do total de recursos ainda contingenciados e não são suficientes para manutenção até o final do ano

Um mês após suspender parte das atividades em Alagoas por falta de recursos públicos, caso de rondas policiais, escolta, operações preventivas, de inteligência e de corregedoria, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) normaliza nesta quarta-feira (16) o atendimento; é que o governo federal liberou R$ 30 milhões, do saldo de R$ 163 milhões contingenciados do seu orçamento; no entanto, valores correspondem a pouco mais de 18% do total de recursos ainda contingenciados e não são suficientes para manutenção até o final do ano
Um mês após suspender parte das atividades em Alagoas por falta de recursos públicos, caso de rondas policiais, escolta, operações preventivas, de inteligência e de corregedoria, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) normaliza nesta quarta-feira (16) o atendimento; é que o governo federal liberou R$ 30 milhões, do saldo de R$ 163 milhões contingenciados do seu orçamento; no entanto, valores correspondem a pouco mais de 18% do total de recursos ainda contingenciados e não são suficientes para manutenção até o final do ano (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - Um mês após suspender parte das atividades em Alagoas, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) normaliza nesta quarta-feira (16) o atendimento ao público e dá seguimento a ações que deixaram de ser realizadas por falta de recursos públicos. 

No último mês, foram suspensos os serviços de rondas policiais, escolta, operações preventivas, de inteligência e de corregedoria. Além disso, as delegacias e a Superintendência da PRF no estado estavam funcionando em horário especial. 

A PRF informou que recebeu do governo federal R$ 30 milhões, do saldo de R$ 163 milhões contingenciados do seu orçamento. O montante será rateado entre as Superintendências Regionais da PRF para manutenção do funcionamento da instituição.

Os valores correspondem a pouco mais de 18% do total de recursos ainda contingenciados e, segundo a PRF, não são suficientes para plena manutenção da PRF até fechamento de 2017. As tratativas para o descontingenciamento dos R$ 133 milhões restantes continuam junto ao Ministério do Planejamento. 

A PRF informou que uma comissão interna acompanha a aplicação dos recursos aportados até que se tenha recomposição do saldo contingenciado ou esgotamento dos limites orçamentários atualmente disponíveis.

Com gazetaweb.com e assessoria

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247