Postos preparam redução da gasolina e do diesel

Os donos de postos de combustíveis de Maceió se preparam para mudar os valores na bomba já neste fim de semana; o preço do litro pode ficar, em média, R$ 0,05 mais barato; hoje, na capital, o litro da gasolina comum está sendo vendida a R$ 3,77 e o litro do diesel varia de R$ 3 a R$ 3,15; redução vai acompanhar anúncio feito pela Petrobras de que irá praticar uma nova política de preços da gasolina e do óleo diesel comercializados em suas refinarias

Os donos de postos de combustíveis de Maceió se preparam para mudar os valores na bomba já neste fim de semana; o preço do litro pode ficar, em média, R$ 0,05 mais barato; hoje, na capital, o litro da gasolina comum está sendo vendida a R$ 3,77 e o litro do diesel varia de R$ 3 a R$ 3,15; redução vai acompanhar anúncio feito pela Petrobras de que irá praticar uma nova política de preços da gasolina e do óleo diesel comercializados em suas refinarias
Os donos de postos de combustíveis de Maceió se preparam para mudar os valores na bomba já neste fim de semana; o preço do litro pode ficar, em média, R$ 0,05 mais barato; hoje, na capital, o litro da gasolina comum está sendo vendida a R$ 3,77 e o litro do diesel varia de R$ 3 a R$ 3,15; redução vai acompanhar anúncio feito pela Petrobras de que irá praticar uma nova política de preços da gasolina e do óleo diesel comercializados em suas refinarias (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - Após o anúncio feito pela Petrobras de que irá praticar uma nova política de preços da gasolina e do óleo diesel comercializados em suas refinarias a partir da zero hora deste sábado (15), os donos de postos de Maceió já se preparam para mudar os valores na bomba. O fim de semana deve ter valores mais baixos destes combustíveis, conforme estão prevendo os proprietários. O preço do litro de combustível pode ficar, em média, R$ 0,05 mais barato a partir deste sábado.

O Grupo Executivo de Mercado e Preços anunciou a redução do preço do diesel em 2,7% (média Brasil) e da gasolina em 3,2% (média Brasil).

A reportagem da Gazetaweb esteve em alguns estabelecimentos na parte alta da capital e conversou com frentistas, gerentes e alguns motoristas sobre a novidade. A maioria diz aguardar com ansiedade a mudança nos preços dos combustíveis aos consumidores.

A gerente de um posto BR, no Barro Duro, Geane Moura, confirmou que se os preços reduzirem mesmo nas refinarias, assim que um caminhão com combustível chegar ao estabelecimento para completar a bomba, o valor novo, com a redução, já deverá ser aplicado. Por enquanto, ela não confirma quanto em centavos esta redução implicará.

Em outro estabelecimento, também no Barro Duro, os frentistas disseram que se a queda se confirmar mesmo nesta sexta-feira há a possibilidade de o valor na bomba ser reduzido neste fim de semana. 

Em contato com a Gazetaweb, o Sindicado do Comércio Varejista e Derivados do Petróleo do Estado de Alagoas (Sindicombustíveis-AL) informou, por meio da assessoria de comunicação, que não se pronuncia sobre reajuste ou quedas nos preços dos combustíveis. E explicou que os empresários estão 'livres' para adotar a política de valores na bomba que melhor se encaixar na realidade do estabelecimento.

Marcus Vinícius é engenheiro e disse que gasta por mês, em média, R$ 800 com gasolina. "Essa redução está vindo em boa hora e espero que seja uma boa redução, porque os preços estão absurdos", avalia.

Hoje, o litro da gasolina comum está sendo vendida a R$ 3,77 e o litro do diesel varia de R$ 3 a R$ 3,15.

Com gazetaweb.com

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247