Praça da Pituba ganha primeiro totem ‘Vem me Regar’

O primeiro totem Vem me Regar de Salvador foi apresentado aos frequentadores da Praça Belo Horizonte, na Pituba, onde também aconteceu o plantio de 35 árvores nativas da Mata Atlântica; as ações, promovidas pela Secretaria de Cidade Sustentável e pela Escola Municipal de Jardinagem Itinerante, visam transformar as praças e áreas verdes de Salvador por meio da participação de comunidades, envolvendo crianças, comerciantes, idosos e escolas do bairro

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - O primeiro totem Vem me Regar de Salvador foi apresentado aos frequentadores da Praça Belo Horizonte, na Pituba, na quarta-feira (27), onde também aconteceu o plantio de 35 árvores nativas da Mata Atlântica. As ações, promovidas pela Secretaria de Cidade Sustentável (Secis) e Escola Municipal de Jardinagem Itinerante, visam transformar as praças e áreas verdes de Salvador por meio da participação de comunidades, envolvendo crianças, comerciantes, idosos e escolas do bairro.

Dessa vez, a novidade é uma estrutura de madeira com diversos regadores pendurados prontos para serem cheios d'água e usados, gratuitamente, por qualquer pessoa interessada em contribuir com a rega de árvores e flores da praça. O equipamento é o primeiro a ser instalado em Salvador, e ficará fixo e disponível na Praça Belo Horizonte para uso irrestrito de pessoas.

Uma equipe da prefeitura ensinou técnicas de jardinagem aos jardineiros voluntários dispostos a participar do plantio de 35 árvores das espécies Pau-ferro, Pau-Brasil, Oiti, Ipê rosa, Ipê Roxo e Aroeira, todas nativas da Mata Atlântica.

Escola

Neste ano, o projeto Escola Municipal de Jardinagem Itinerante já plantou nos três primeiros meses de 2016 mais de 1,2 mil mudas de árvores em 60 locais diferentes do município. Os locais públicos considerados aptos para o plantio de mudas de espécies nativas da Mata Atlântica poderão receber a iniciativa da escola.

A medida não é válida para terrenos de risco, como encostas ou aqueles onde haja grande movimentação de veículos pesados. É necessário também o envolvimento direto da comunidade com o projeto

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email