Pré-candidato a tudo, Nilo quer governar Salvador

O presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo (PDT), repete nas eleições de 2016 o que fez nas de 2014: foi um dos primeiros a se colocar com disposição de encabeçar uma chapa majoritária; com os bastidores já em clima de pré-composição para as eleições de 2016, Nilo, que é natural de Antas-BA, já diz que quer governar Salvador; ele pondera que, para se lançar à disputa, precisa primeiro se tornar presidente do PDT, que hoje está sob comando do deputado federal Félix Mendonça Jr.; "É óbvio que, primeiro, precisava ter o controle sobre o meu partido. Se realmente eu ganhar o partido da forma que espero e tenho quase certeza, aí vou sentar com o governador e com os partidos aliados"

O presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo (PDT), repete nas eleições de 2016 o que fez nas de 2014: foi um dos primeiros a se colocar com disposição de encabeçar uma chapa majoritária; com os bastidores já em clima de pré-composição para as eleições de 2016, Nilo, que é natural de Antas-BA, já diz que quer governar Salvador; ele pondera que, para se lançar à disputa, precisa primeiro se tornar presidente do PDT, que hoje está sob comando do deputado federal Félix Mendonça Jr.; "É óbvio que, primeiro, precisava ter o controle sobre o meu partido. Se realmente eu ganhar o partido da forma que espero e tenho quase certeza, aí vou sentar com o governador e com os partidos aliados"
O presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo (PDT), repete nas eleições de 2016 o que fez nas de 2014: foi um dos primeiros a se colocar com disposição de encabeçar uma chapa majoritária; com os bastidores já em clima de pré-composição para as eleições de 2016, Nilo, que é natural de Antas-BA, já diz que quer governar Salvador; ele pondera que, para se lançar à disputa, precisa primeiro se tornar presidente do PDT, que hoje está sob comando do deputado federal Félix Mendonça Jr.; "É óbvio que, primeiro, precisava ter o controle sobre o meu partido. Se realmente eu ganhar o partido da forma que espero e tenho quase certeza, aí vou sentar com o governador e com os partidos aliados" (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Nilo (PDT), vai repetindo nas eleições de 2016 o que fez nas de 2014: foi um dos primeiros a se colocar com disposição de encabeçar uma chapa majoritária. Na última disputa, ele dizia que seria candidato a governador mesmo sem apoio do PT, depois disse que aceitava a vaga para o Senado e por fim afirmou que se conformaria com a de candidato a vice-governador. Mas na hora 'h', não lhe sobrou espaço na chapa majoritária governista e ele se candidatou a deputado estadual mais uma vez. 

Sua 'vingança' contra o PT foi se eleger presidente da Assembleia pela quinta vez consecutiva, o que, como ele se gaba, é inédito no Brasil.

Agora, com os bastidores já em clima de pré-composição para as eleições de 2016, Marcelo Nilo, que é natural de Antas-BA, já diz que pode ser candidato a prefeito de Salvador.

Ele pondera que, para se lançar à disputa, precisa primeiro se tornar presidente do PDT, que hoje está sob comando do deputado federal Félix Mendonça Jr. "É óbvio que, primeiro, precisava ter o controle sobre o meu partido. Se realmente eu ganhar o partido da forma que espero e tenho quase certeza, aí vou sentar com o governador e com os partidos aliados".

Nilo repete seu discurso de 2014 e diz que só será candidato "se as condições forem favoráveis". "Eu só sairia candidato se eu ver que eu tenho chance, tenho vontade de administrar Salvador.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247