Precisamos devolver a estabilidade política, diz ACM

Apesar de estar "mergulhado" em sua campanha á reeleição, o prefeito de Slavador, ACM Neto (DEM), diz que está "preocupado" com os cenários político e econômico nacional. "Ninguém pode dizer que já chegamos ao fundo do poço", disse o democrata em entrevista ao jornal Valor Econômico; a crise, segundo ACM Neto, pode piorar se Executivo e Legislativo não entrarem num acordo para aprovar as medidas de ajuste fiscal propostas pelo governo, sobretudo a PEC que limita a expansão de gastos do setor público; a aprovação aliviaria os efeitos da crise econômica e o entendimento com o Congresso contribuiria para a estabilidade política

ACM Neto
ACM Neto (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Apesar de estar "mergulhado" em sua campanha á reeleição, o prefeito de Slavador, ACM Neto (DEM), diz que está "preocupado" com os cenários político e econômico nacional. "Ninguém pode dizer que já chegamos ao fundo do poço", disse o democrata em entrevista ao jornal Valor Econômico.

A crise, segundo ACM Neto, pode piorar se Executivo e Legislativo não entrarem num acordo para aprovar as medidas de ajuste fiscal propostas pelo governo, sobretudo a PEC que limita a expansão de gastos do setor público. A aprovação aliviaria os efeitos da crise econômica e o entendimento com o Congresso contribuiria para a estabilidade política.

Para ACM Neto, "ninguém vai investir num país em que a instabilidade política é a regra dominante. Devolver estabilidade política ao país é o que mais precisamos agora".

O democrata considera também que é uma irresponsabilidade os partidos da base do governo começarem "sequer a pensar" agora na sucessão presidencial de 2018. "O Brasil vive ainda um momento muito grave, é preciso superar a crise, virar a página e só pensar na eleição de 2018 em 2018", enfatizou.

Mais adiante, porém, depois de prever que a aliança do DEM com o PSDB pode continuar, "mas não necessariamente", afirmou que seu partido pode começar a pensar em candidato próprio à Presidência logo após as eleições municipais. "O nome do senador Ronaldo Caiado é bastante lembrado", disse.

ACM Neto disse também que cortou gastos na prefeitura e que o "severo equilíbrio fiscal" permitiu ter dinheiro em caixa para investimentos nas áreas de educação, saúde e infraestrutura.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247