Prefeito abre carnaval dançando 'Lepo Lepo'

Conhecido como 'baladeiro de plantão', o prefeito ACM Neto (DEM) abriu o Carnaval de Salvador oficialmente na noite de quinta-feira com entrega de chave simbólica da cidade ao Rei Momo e fez coreografia da música Lepo Lepo, da banda Psirico, que é forte candidata para ganhar título de música da folia deste ano

Conhecido como 'baladeiro de plantão', o prefeito ACM Neto (DEM) abriu o Carnaval de Salvador oficialmente na noite de quinta-feira com entrega de chave simbólica da cidade ao Rei Momo e fez coreografia da música Lepo Lepo, da banda Psirico, que é forte candidata para ganhar título de música da folia deste ano
Conhecido como 'baladeiro de plantão', o prefeito ACM Neto (DEM) abriu o Carnaval de Salvador oficialmente na noite de quinta-feira com entrega de chave simbólica da cidade ao Rei Momo e fez coreografia da música Lepo Lepo, da banda Psirico, que é forte candidata para ganhar título de música da folia deste ano (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Thaís Passos - Enviada especial do Radiojornalismo/EBC

Ao som de Lepo Lepo, da Banda Psirico, o rei Momo assumiu o comando do carnaval de Salvador. Na noite dessa quinta-feira (27), no Campo Grande, ele recebeu das mãos do prefeito da capital, Antônio Carlos Magalhães Neto, as chaves da cidade. O ato simbólico marcou o início oficial da passagem dos trios elétricos em Salvador.

Este ano, foi eleito rei Momo o educador social Renildo Barbosa, 37 anos, com 1,79m de altura e 110 quilos. Na noite de estreia no carnaval, ele disse que espera muita paz, harmonia e alegria no seu reinado que vai até a Quarta-feira de Cinzas (5).

“Nós temos o melhor carnaval do mundo porque aqui nasceu essa concentração de felicidade. Estamos comemorando este ano os 40 anos dos blocos afro. Essa grande história de resistência e enfrentamento ao racismo”. Também participaram da festa a rainha do carnaval Tatiana Paim, 18 anos, e as princesas Mariana da Silva Rebouças, de 23 anos, e Ana Célia Trindade, de 29.

Primeiro a entrar no Circuito do Campo Grande, a Banda Psirico desfilou sem cordas e arrastou uma multidão de foliões na pipoca (área fora das cordas de proteção). Ninguém ficou parado.

“Eu amei. Pulei muito. A expectativa é que todo o carnaval seja de muita paz”, disse a dona de casa Cristina Souza. A editora Ana Cláudia da Silva gosta tanto da folia na capital baiana que há quatro anos trocou São Paulo por Salvador. “Comecei vindo no carnaval e me apaixonei pela cidade e decidi ficar de vez. Até me casei com um baiano.”

Um dos blocos mais aguardados na primeira noite do Circuito Osmar, o Alerta Geral entrou na avenida às 22h30 e animou os foliões que gostam de samba. Em cima do trio, os cantores Dudu Nobre e Diogo Nogueira fizeram o público dançar e cantar os grandes sucessos da música brasileira. Há 20 anos, o bloco leva o samba para o carnaval de Salvador.

Além do axé e do samba, a batida dos tambores dos blocos afro fez parte da festa de abertura do circuito. A programação se estendeu até a madrugada, com 29 atrações.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email