Prefeito assina nesta sexta liberação de recursos para BRT

O prefeito ACM Neto (DEM) assina nesta sexta-feira com a Caixa Econômica Federal a liberação dos recursos para a implantação do primeiro trecho do BRT, que vai ligar a Estação da Lapa à região do Iguatemi; o BRT faz parte do projeto dos Corredores de Transporte Coletivo Integrado de Salvador, comandado pela Casa Civil da Prefeitura, e tem como objetivo executar uma série de intervenções no sistema viário da cidade; os recursos para esse primeiro trecho (ligando as regiões do Parque da Cidade ao Iguatemi) somam R$ 408 milhões em dois contratos com a Caixa. Esse trecho terá três viadutos, dois elevados e três estações).

O prefeito ACM Neto (DEM) assina nesta sexta-feira com a Caixa Econômica Federal a liberação dos recursos para a implantação do primeiro trecho do BRT, que vai ligar a Estação da Lapa à região do Iguatemi; o BRT faz parte do projeto dos Corredores de Transporte Coletivo Integrado de Salvador, comandado pela Casa Civil da Prefeitura, e tem como objetivo executar uma série de intervenções no sistema viário da cidade; os recursos para esse primeiro trecho (ligando as regiões do Parque da Cidade ao Iguatemi) somam R$ 408 milhões em dois contratos com a Caixa. Esse trecho terá três viadutos, dois elevados e três estações).
O prefeito ACM Neto (DEM) assina nesta sexta-feira com a Caixa Econômica Federal a liberação dos recursos para a implantação do primeiro trecho do BRT, que vai ligar a Estação da Lapa à região do Iguatemi; o BRT faz parte do projeto dos Corredores de Transporte Coletivo Integrado de Salvador, comandado pela Casa Civil da Prefeitura, e tem como objetivo executar uma série de intervenções no sistema viário da cidade; os recursos para esse primeiro trecho (ligando as regiões do Parque da Cidade ao Iguatemi) somam R$ 408 milhões em dois contratos com a Caixa. Esse trecho terá três viadutos, dois elevados e três estações). (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O prefeito ACM Neto (DEM) assina nesta sexta-feira (16) com a Caixa Econômica Federal, em solenidade realizada no Palácio Thomé de Souza, a partir das 11h, a liberação dos recursos para a implantação do primeiro trecho do BRT, que vai ligar a Estação da Lapa à região do Iguatemi.

O BRT faz parte do projeto dos Corredores de Transporte Coletivo Integrado de Salvador, comandado pela Casa Civil da Prefeitura, e tem como objetivo executar uma série de intervenções no sistema viário da cidade. A meta é melhorar o transporte público e a mobilidade do trânsito em geral. Os recursos para esse primeiro trecho (ligando as regiões do Parque da Cidade ao Iguatemi) somam R$408 milhões em dois contratos com a Caixa. Esse trecho terá três viadutos, dois elevados e três estações.

O projeto, no valor global de R$820 milhões, foi fracionado por sugestão da prefeitura para viabilizar a liberação dos recursos junto ao governo federal, o que finalmente vai começar a acontecer depois de muita luta da gestão municipal. A próxima etapa, após assinatura dos contratos para o realização do trecho um, é a publicação do edital para a licitação das obras, o que deve ocorrer até o final de outubro. A gestão do projeto, desenvolvido pela Escritório Prado Valladares, está a cargo da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob). A parte das obras será conduzida pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Defesa Civil (Sindec).

Sistema e integração

O BRT – Bus Rapid Transit, como é mundialmente conhecido, é um sistema já utilizado em diversas grandes cidades do Brasil e do mundo, tais como Curitiba, Rio de Janeiro, Cidade do México, Los Angeles, Istambul e Bogotá. O projeto para Salvador será implantado ao longo do corredor formado pela Avenida Vasco da Gama, Rua do Lucaia, Avenida Juracy Magalhães e Avenida ACM, se estendendo desde a entrada da Estação da Lapa até a Estação de Integração Iguatemi, onde haverá a ligação com o sistema metroviário.

As intervenções preveem o aproveitamento das vias de ônibus convencionais já existentes ao longo da Avenida Vasco da Gama, adaptando-as para uso do sistema BRT. Nos demais trechos serão implantados novas vias exclusivas para o sistema BRT, que serão detalhadas no evento desta sexta-feira com a apresentação de um vídeo.

O BRT vai beneficiar 31 mil pessoas por hora. Os veículos utilizados pelo sistema serão do tipo ônibus articulados com capacidade para 170 passageiros, portas largas e comprimento máximo de 23 metros, operando a uma velocidade comercial de 25 a 40 km/h. Os tempos de percurso serão significativamente reduzidos se comparados aos atuais níveis de operação.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247