Prefeito de Aparecida, ligado a Daniel e Maguito, abandona Temer

Os prefeitos do PMDB goiano não estão lá muito empolgados com o cenário envolvendo Michel Temer, alvo de denúncias acusado de cometer diversos crimes; em entrevista à coluna Giro, de O Popular, o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, demonstrou pouco entusiasmo com Temer. "A situação está cada vez mais difícil para o presidente. A saída de Sandro Mabel foi mais uma prova disso", afirmou Mendanha "Espero apenas que, em caso de novas eleições (diretas ou não), o próximo presidente não pense só na sua reeleição em 2018 e promova as reformas necessárias ao País", disse

Os prefeitos do PMDB goiano não estão lá muito empolgados com o cenário envolvendo Michel Temer, alvo de denúncias acusado de cometer diversos crimes; em entrevista à coluna Giro, de O Popular, o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, demonstrou pouco entusiasmo com Temer. "A situação está cada vez mais difícil para o presidente. A saída de Sandro Mabel foi mais uma prova disso", afirmou Mendanha "Espero apenas que, em caso de novas eleições (diretas ou não), o próximo presidente não pense só na sua reeleição em 2018 e promova as reformas necessárias ao País", disse
Os prefeitos do PMDB goiano não estão lá muito empolgados com o cenário envolvendo Michel Temer, alvo de denúncias acusado de cometer diversos crimes; em entrevista à coluna Giro, de O Popular, o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, demonstrou pouco entusiasmo com Temer. "A situação está cada vez mais difícil para o presidente. A saída de Sandro Mabel foi mais uma prova disso", afirmou Mendanha "Espero apenas que, em caso de novas eleições (diretas ou não), o próximo presidente não pense só na sua reeleição em 2018 e promova as reformas necessárias ao País", disse (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - Os prefeitos do PMDB goiano não estão lá muito empolgados com o cenário envolvendo Michel Temer, alvo de denúncias acusado de cometer diversos crimes. Em entrevista à coluna Giro, de O Popular, o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, demonstrou pouco entusiasmo com Temer.

"A situação está cada vez mais difícil para o presidente. A saída de Sandro Mabel foi mais uma prova disso", afirmou Mendanha "Espero apenas que, em caso de novas eleições (diretas ou não), o próximo presidente não pense só na sua reeleição em 2018 e promova as reformas necessárias ao País", disse.

Mendanha é afilhado político de Maguito Vilela, ex-prefeito da cidade e pai do deputado federal Daniel Vilela, que é o presidente do PMDB goiano. Para Maguito, Temer só se sustenta se tive a maioria no Congresso e "se perder isso o melhor seria realizar eleições diretas".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247