Prefeito de Goiânia debocha de protesto: 'coxinhas em extinção'

Prefeito de Goiânia usou o Twitter para ironizar o protesto contra o governo federal, no último domingo; "Pelas manifestações de hoje "coxinhas" são espécie em extinção", escreveu o petista; em Goiânia, a manifestação perdeu força e apenas 2,5 mil pessoas foram às ruas, sendo que no mês passado 60 mil estiveram presente no ato contra Dilma Rousseff; alguns internautas reprovaram o post do prefeito

Prefeito de Goiânia usou o Twitter para ironizar o protesto contra o governo federal, no último domingo; "Pelas manifestações de hoje "coxinhas" são espécie em extinção", escreveu o petista; em Goiânia, a manifestação perdeu força e apenas 2,5 mil pessoas foram às ruas, sendo que no mês passado 60 mil estiveram presente no ato contra Dilma Rousseff; alguns internautas reprovaram o post do prefeito
Prefeito de Goiânia usou o Twitter para ironizar o protesto contra o governo federal, no último domingo; "Pelas manifestações de hoje "coxinhas" são espécie em extinção", escreveu o petista; em Goiânia, a manifestação perdeu força e apenas 2,5 mil pessoas foram às ruas, sendo que no mês passado 60 mil estiveram presente no ato contra Dilma Rousseff; alguns internautas reprovaram o post do prefeito (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), debochou do protesto realizado no domingo (12) contra a presidente Dilma Rousseff (PT). No Twitter, onde costuma ironizar opositores e ter debates acalorados com seguidores, Paulo Garcia postou foto de três coxinhas e escreveu: "Pelas manifestações de hoje "coxinhas" são espécie em extinção".

Alguns seguidores do prefeito reclamaram do post. "Paulo Garcia me envergonha este tipo de post para o cargo que ocupa. Deveria ser exemplo", escreveu Ênio Faria.

Na sequência, o petista tentou se justificar com outra postagem: "Agredir com palavras de baixo calão a Presidenta é democrático. Agora brincar um pouco, sem ofender, não é postura digna. Quem entende isso", argumentou.

A manifestação do último domingo, em Goiânia, perdeu força e reuniu apenas 2,5 mil pessoas nas ruas. O enfraquecimento do protesto é nítido diante da mobilização ocorrida em março na Capital, quando 60 mil participaram do ato contra o governo federal.

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247