Prefeito regulamenta IPTU Verde em Salvador

ACM Neto assinou nesta terça-feira o decreto que regulamenta o IPTU Verde, que concede desconto de até 10% no imposto para proprietários de imóveis que adotem medidas de sustentabilidade; ele afirmou que no mês em que a cidade comemora aniversário, Salvador mostra que pode ser modelo para o Brasil; "Nosso compromisso com a sustentabilidade não é um exercício de retórica. Novos empreendimentos ou aqueles que serão adaptados poderão se credenciar para receber o benefício. Queremos que o cidadão pague menos impostos e que o vizinho dele, que paga mais, se mobilize para adotar as práticas de sustentabilidade"

ACM Neto assinou nesta terça-feira o decreto que regulamenta o IPTU Verde, que concede desconto de até 10% no imposto para proprietários de imóveis que adotem medidas de sustentabilidade; ele afirmou que no mês em que a cidade comemora aniversário, Salvador mostra que pode ser modelo para o Brasil; "Nosso compromisso com a sustentabilidade não é um exercício de retórica. Novos empreendimentos ou aqueles que serão adaptados poderão se credenciar para receber o benefício. Queremos que o cidadão pague menos impostos e que o vizinho dele, que paga mais, se mobilize para adotar as práticas de sustentabilidade"
ACM Neto assinou nesta terça-feira o decreto que regulamenta o IPTU Verde, que concede desconto de até 10% no imposto para proprietários de imóveis que adotem medidas de sustentabilidade; ele afirmou que no mês em que a cidade comemora aniversário, Salvador mostra que pode ser modelo para o Brasil; "Nosso compromisso com a sustentabilidade não é um exercício de retórica. Novos empreendimentos ou aqueles que serão adaptados poderão se credenciar para receber o benefício. Queremos que o cidadão pague menos impostos e que o vizinho dele, que paga mais, se mobilize para adotar as práticas de sustentabilidade" (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O prefeito ACM Neto (DEM) assinou nesta terça-feira (24) o decreto que regulamenta o IPTU Verde, que concede desconto de até 10% no imposto para proprietários de imóveis que adotem medidas de sustentabilidade. Assinatura do decreto foi realizada na presença de representantes do setor imobiliário e da construção civil, em solenidade no Palácio Tomé de Souza, e integra o conjunto de ações pelas comemorações dos 466 anos de Salvador.

Podem receber o benefício proprietários de imóveis residenciais e não residenciais que adotem medidas de proteção, preservação e recuperação do meio ambiente. Para receber o desconto, o imóvel precisa ter um certificado. São três etapas de certificação: bronze, para aqueles que atingirem, no mínimo, 50 pontos; prata, para os que alcançarem 70; e ouro, para os que chegarem até 100.

Cada medida adotada pelo imóvel conta pontos, a exemplo do uso de equipamentos que reduzem o consumo de água, de descarga com comando duplo, aproveitamento de águas pluviais em 90% da área de cobertura, entre outros.

Se adotar todas as medidas propostas pelo programa, é possível alcançar até 200 pontos, mas com 100 já é garantido 10% de desconto no IPTU.

O prefeito afirmou que no mês em que a cidade comemora aniversário, Salvador mostra que pode ser modelo para o Brasil.

"Nosso compromisso com a sustentabilidade não é um exercício de retórica. Novos empreendimentos ou aqueles que serão adaptados poderão se credenciar para receber o benefício. Queremos que o cidadão pague menos impostos e que o vizinho dele, que paga mais, se mobilize para adotar as práticas de sustentabilidade. O investimento que for feito no imóvel hoje vai se converter em benefício para a vida inteira. Estamos, no momento em que o Brasil passa por crise financeira, desonerando a carga tributária, incentivando o desenvolvimento".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247