Prefeitura de SP deve duplicar vagas do 'Transcidadania'

Programa que oferece estudo e formação profissional para travestis e transexuais deverá ter o dobro de vagas em 2016; atualmente com cem inscritas, o projeto da Secretaria Municipal de Direitos Humanos, comandada por Eduardo Suplicy, pode ter até 200 participantes; pelo menos R$ 2,2 milhões devem ser destinados à iniciativa, valor 20% maior do que o disponibilizado em 2015

Programa que oferece estudo e formação profissional para travestis e transexuais deverá ter o dobro de vagas em 2016; atualmente com cem inscritas, o projeto da Secretaria Municipal de Direitos Humanos, comandada por Eduardo Suplicy, pode ter até 200 participantes; pelo menos R$ 2,2 milhões devem ser destinados à iniciativa, valor 20% maior do que o disponibilizado em 2015
Programa que oferece estudo e formação profissional para travestis e transexuais deverá ter o dobro de vagas em 2016; atualmente com cem inscritas, o projeto da Secretaria Municipal de Direitos Humanos, comandada por Eduardo Suplicy, pode ter até 200 participantes; pelo menos R$ 2,2 milhões devem ser destinados à iniciativa, valor 20% maior do que o disponibilizado em 2015 (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP 247 - A Prefeitura de São Paulo estuda dobrar o número de vagas do Transcidadania, programa que oferece estudo e formação profissional para travestis e transexuais. Atualmente com cem inscritas, o projeto da Secretaria Municipal de Direitos Humanos pode ter até 200 participantes ainda neste ano. A informação é da jornalista Mônica Bergamo, da Folha.

"Uma boa parte delas deixou a prostituição. O número de desistências neste primeiro ano foi pequeno", afirmou o secretário Eduardo Suplicy. Pelo menos R$ 2,2 milhões devem ser destinados pela pasta ao programa, valor 20% maior do que o disponibilizado em 2015.

Cada inscrita receberá auxílio de R$ 910 por mês (atualmente a bolsa é de R$ 840).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247