Prefeitura diz que ‘PM precisa dialogar antes de fazer blitz’

O titular da Secretaria de Mobilidade de Salvador, Fábio Mota, disse nesta sexta-feira que "a Polícia Militar precisa dialogar com a prefeitura antes de organizar as blitze" na cidade; segundo ele, a blitz feita nesta tarde no Comércio "acarretou muitos transtornos à população, aos comerciantes e aos turistas"; "A PM precisa ter mais sensibilidade e organizar as blitze em locais e horários adequados. Não dá para fazer uma ação deste porte sem que a prefeitura seja avisada", afirmou o secretário

O titular da Secretaria de Mobilidade de Salvador, Fábio Mota, disse nesta sexta-feira que "a Polícia Militar precisa dialogar com a prefeitura antes de organizar as blitze" na cidade; segundo ele, a blitz feita nesta tarde no Comércio "acarretou muitos transtornos à população, aos comerciantes e aos turistas"; "A PM precisa ter mais sensibilidade e organizar as blitze em locais e horários adequados. Não dá para fazer uma ação deste porte sem que a prefeitura seja avisada", afirmou o secretário
O titular da Secretaria de Mobilidade de Salvador, Fábio Mota, disse nesta sexta-feira que "a Polícia Militar precisa dialogar com a prefeitura antes de organizar as blitze" na cidade; segundo ele, a blitz feita nesta tarde no Comércio "acarretou muitos transtornos à população, aos comerciantes e aos turistas"; "A PM precisa ter mais sensibilidade e organizar as blitze em locais e horários adequados. Não dá para fazer uma ação deste porte sem que a prefeitura seja avisada", afirmou o secretário (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O titular da Secretaria de Mobilidade de Salvador (Semob), Fábio Mota, disse nesta sexta-feira (6) que "a Polícia Militar precisa dialogar com a prefeitura antes de organizar as blitze" na cidade.

"Não somos contra a ação, queremos apenas que haja planejamento. A Transalvador e a Secretaria de Mobilidade, por exemplo, precisam ser avisadas com antecedência porque as ações provocam grandes impactos na cidade", disse o secretário.

Segundo Fábio Mota, a blitz feita nesta tarde no Comércio "acarretou muitos transtornos à população, aos comerciantes e aos turistas".

"A PM precisa ter mais sensibilidade e organizar as blitze em locais e horários adequados. Não dá para fazer uma ação deste porte sem que a prefeitura seja avisada", afirmou Fábio Mota​

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247