Prefeitura já estuda local para o próximo Réveillon

Balanço da festa foi apresentado pelas autoridades, que comemoram o sucesso do evento que reuniu cerca de 390 mil pessoas em quatro dias; prefeito ACM Neto afirmou que formato será mantido e atrações de nome também, mas revelou que o local pode ser alterado devido ao número grande público que a cidade espera atrair

acm neto
acm neto (Foto: José Barbacena)

Bahia 247 - O Réveillon Salvador 2014 agradou o público e as autoridades. O evento organizado pela Prefeitura, sob a coordenação da Secretaria de Desenvolvimento, Turismo e Cultura (Sedes), atraiu 390 mil pessoas nos quatro dias de festa na Praça Cairu, no Comércio. O balanço foi apresentado nesta quinta-feira pelo prefeito ACM Neto na companhia do titular da Sedes, Guilherme Bellintani, e do secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Barbosa, em coletiva de imprensa realizada no Palácio Thomé de Souza. O prefeito aproveitou para afirmar que ainda está em avaliação o local para realização do próximo Réveillon.

Além disso, o prefeito anunciou que está mantido o formato do evento com quatro dias, com grade de atrações no mesmo nível de qualidade, tudo com o objetivo de transformar a capital baiana no primeiro destino do Brasil no Réveillon. Serão realizadas duas grandes festas: uma num local central e outra em região com grande densidade populacional, sendo cogitados o Subúrbio ou Cajazeiras.

“Havia muita dúvida sobre a realização do evento no Comércio, mas vimos que deu certo. Ainda vamos pensar se repetiremos o evento no local. Precisamos avaliar se daqui a dois ou três anos a Praça Cairu comportará o público que esperamos trazer, já que a perspectiva é que esse número cresça a cada ano. Nos próximos meses, essa decisão será anunciada, até porque queremos lançá-lo com grande antecedência”, afirmou o prefeito.

O secretário Maurício Barbosa elogiou a iniciativa da administração com a realização do evento, especialmente pela facilidade de montagem de barreiras para revistas. “Montamos cinco barreiras que nos possibilitou fazer a revista manual, com apreensão de armas brancas e objetos cortantes. Não registramos, portanto, ocorrências graves como homicídios ou tentativas de homicídio, sendo a maioria identificada como pequenos furtos ou vias de fato”, destacou, lembrando que foram investidos cerca de R$1 milhão na área de segurança pública.

Atrações de peso nacional marcaram presença, a exemplo de Gilberto Gil, Caetano Veloso, Gal Costa, Claudia Leite, Paralamas do Sucesso, Anitta, Nando Reis, entre outros. A virada do ano contou com show pirotécnico de 15 minutos, com 12 toneladas de fogos apenas no local da festa, no Comércio, em base localizada na Baía de Todos os Santos. Ao todo, foram 20 toneladas de fogos em 12 pontos como Barra, Rio Vermelho, Boca do Rio, Itapuã, Cajazeiras, Boa Viagem, Ribeira, Periperi e nas ilhas de Paramana, Bom Jesus dos Passos e de Maré. Nesses locais, a duração dos fogos foi de sete minutos.

Cerca de 4 mil servidores da Prefeitura trabalharam diretamente na organização do evento. Foram 10 dias de montagem das estruturas, sendo palco com 19,8m de largura por 15,4m de profundidade, 50 praticáveis para palco, oito geradores, 10 estrutura entre camarim, copa e sala de operações, numa mobilização envolvendo 80 pessoas da Sedes. O Réveillon também atuou na geração de renda para 280 ambulantes que trabalharam na Praça Cairu, sendo 180 fixos e 100 volantes.

Confira o público:

Público (segundo estimativa da Polícia Militar):

Domingo (29): 85 mil pessoas
Segunda-feira: (30): 100 mil pessoas
Terça-feira (31): 150 mil pessoas
Quarta-feira (1º): 55 mil pessoas
Total de público: 390 mil pessoas nos quatro dias de festa

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247