Prefeitura regulamenta embarcações na orla

A Prefeitura de Maceió publicou decreto que regulamenta os locais de entrada e saída de embarcações de esportes e de recreação em trechos da orla da capital; apenas dois pontos na praia da Pajuçara foram destinados para a atividade; porém, caso haja necessidade de ampliar estes espaços, a prefeitura irá destiná-los em comum acordo com a Capitania dos Portos de Alagoas

A Prefeitura de Maceió publicou decreto que regulamenta os locais de entrada e saída de embarcações de esportes e de recreação em trechos da orla da capital; apenas dois pontos na praia da Pajuçara foram destinados para a atividade; porém, caso haja necessidade de ampliar estes espaços, a prefeitura irá destiná-los em comum acordo com a Capitania dos Portos de Alagoas
A Prefeitura de Maceió publicou decreto que regulamenta os locais de entrada e saída de embarcações de esportes e de recreação em trechos da orla da capital; apenas dois pontos na praia da Pajuçara foram destinados para a atividade; porém, caso haja necessidade de ampliar estes espaços, a prefeitura irá destiná-los em comum acordo com a Capitania dos Portos de Alagoas (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Alagoas 247 - O prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), publicou na edição do Diário Oficial do Município desta quarta-feira (15), um decreto que regulamenta os locais de entrada e saída de embarcações de esportes e de recreação em trechos da orla da capital.

De acordo com o Decreto nº 8.238 apenas dois pontos na praia da Pajuçara foram destinados para a atividade. 

No entanto, segundo a publicação, caso haja necessidade de ampliar estes espaços, a prefeitura irá destiná-los em comum acordo com a Capitania dos Portos de Alagoas.

Ficou estabelecido também que os veículos que estiverem conduzindo as embarcações de esporte e recreio poderão adentrar à faixa de uso público da praia pelo tempo necessário a colocação ou retiradas das embarcações do mar. 

O proprietário do veículo será responsável por qualquer risco ou dano a propriedade pública ou particular, bem como a vida e integridade física dos usuários da praia.

O decreto informa ainda que em nenhuma hipótese os veículos poderão permanecer estacionados nas faixas de uso público das praias além do tempo necessário para realizar as atividades de colocação e retirada dos barcos.

Não será permitido a estocagem ou abastecimento das embarcações na faixa de areia, somente em casos autorizados pela autoridade marítima. Possíveis irregularidades poderão resultar em multa e o responsável ser notificado pela capitania dos Portos para que sejam tomadas as providências previstas na legislação federal.

Com gazetaweb.com

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247