Pressionado, Paulo Garcia fará reforma neste mês

Prefeito tinha deixado reforma administrativa para março, mas foi pressionado por aliados e até mesmo por Iris Rezende e agora trocas no secretariado serão feitas antes do fim de janeiro; pelo menos cinco pastas importantes terão novos comandantes; Paulo Garcia quer mais produtividade e, principalmente, fidelidade; petista tem sido alvo constante de críticas nas redes sociais e torpedeado por aliados de Perillo, e ninguém costuma defendê-lo

paulo Garcia
paulo Garcia (Foto: José Barbacena)

Goiás247 - O prefeito Paulo Garcia (PT) já confessou a aliados que precisa melhorar sua imagem e fazer um 2014 bem melhor que o ano passado. Uma das primeiras ações para dar uma sacudida no Paço Municipal será a reforma administrativa. É ponto pacífico entre o petista, aliados e apoiadores que a equipe precisa de uma sacudida.

A troca no secretariado vem sendo especulado desde meados do segundo semestre de 2013, mas crises como o reajuste salarial dos professores municipais, os supersalários da Comurg e o túnel inacabado da Araguaia atrasaram as mexidas.

Os bastidores dão conta de que Paulo quer sim fazer a reforma, mas estaria sem força política para promover a mudança. A reforma ficou agendada para janeiro de 2014, mas depois foi adiada para março. Só que outras figuras entraram na parada e agora a reforma deve sair mesmo antes do final de janeiro.

Nota na coluna Xadrez, do jornal O Hoje, assinada por Marina Dutra, diz que a pressão de aliados e até mesmo de Iris Rezende (PMDB) fez com que o petista decidisse por em prática a reforma este mês.

Especula-se que até cinco pastas importantes vão ter os secretários trocados. Aliados dizem que o prefeito quer mais produtividade das pastas e, principalmente, fidelidade. Paulo Garcia tem sido atacado nas redes sociais e por auxiliares do governador Marconi Perillo (PSDB) e ninguém aparece para defender o prefeito.

"Muitas vezes a impressão que se tem é que Paulo Garcia está sozinho na prefeitura. Ninguém se preocupa em defender o prefeito dos ataques", revela um vereador da base.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247