PRF apreende mais de R$ 1 milhão em fundo falso de carro no Piauí

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais de R$ 1 milhão no fundo falso de um veículo no município de Parnaíba, Litoral do Piauí; de acordo com a PRF, o homem já tem passagem pela polícia e teria recebido dinheiro para levar o carro da cidade de Fortaleza, no Ceará, para a cidade de Santa Inês, no Maranhão; "Como ele já tem passagem por roubo acreditamos que o dinheiro pode ser de tráfico de drogas ou de assalto a banco. Ele não explicou a origem exata do dinheiro", disse o inspetor Fabrício Loiola

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais de R$ 1 milhão no fundo falso de um veículo no município de Parnaíba, Litoral do Piauí; de acordo com a PRF, o homem já tem passagem pela polícia e teria recebido dinheiro para levar o carro da cidade de Fortaleza, no Ceará, para a cidade de Santa Inês, no Maranhão; "Como ele já tem passagem por roubo acreditamos que o dinheiro pode ser de tráfico de drogas ou de assalto a banco. Ele não explicou a origem exata do dinheiro", disse o inspetor Fabrício Loiola
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais de R$ 1 milhão no fundo falso de um veículo no município de Parnaíba, Litoral do Piauí; de acordo com a PRF, o homem já tem passagem pela polícia e teria recebido dinheiro para levar o carro da cidade de Fortaleza, no Ceará, para a cidade de Santa Inês, no Maranhão; "Como ele já tem passagem por roubo acreditamos que o dinheiro pode ser de tráfico de drogas ou de assalto a banco. Ele não explicou a origem exata do dinheiro", disse o inspetor Fabrício Loiola (Foto: Leonardo Lucena)

Piauí 247 - A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu no final nesta terça-feira (11) mais de R$ 1 milhão no fundo falso de um veículo no município de Parnaíba, Litoral do Piauí. De acordo com a PRF, o homem já tem passagem pela polícia e teria recebido dinheiro para levar o carro da cidade de Fortaleza, no Ceará, para a cidade de Santa Inês, no Maranhão. "Como ele já tem passagem por roubo acreditamos que o dinheiro pode ser de tráfico de drogas ou de assalto a banco. Ele não explicou a origem exata do dinheiro", disse o inspetor Fabrício Loiola. Seu relato foi publicado no G1.

Os policiais encontram o dinheiro dividido em blocos envoltos em papéis e fita adesiva. O condutor informou que foi contratado pelo valor de R$ 3,5 mil por um homem bem vestido que aparentava ter 35 anos de idade e que conheceu em uma praia em Fortaleza. Pelo pagamento, ele teria que levar o veículo para a cidade de Santa Inês.

O homem disse à polícia que era usuário de maconha e que teria cometido o crime de homicídio para se defender em questões envolvendo outros delitos. 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247