Prisão de Mantega ‘foi uma infâmia brutal’, diz Tarso Genro

Ex-governador do Rio Grande do Sul Tarso Genro reagiu à prisão do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega nesta quinta-feira, o que considerou arbitrariedade; "Guido não é fugitivo.Não é clandestino. Foi um grande Ministro. Se tem explicações a dar tem que dar. Mas sua prisão foi uma infâmia brutal", afirmou Tarso Genro

Ex-governador do Rio Grande do Sul Tarso Genro reagiu à prisão do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega nesta quinta-feira, o que considerou arbitrariedade; "Guido não é fugitivo.Não é clandestino. Foi um grande Ministro. Se tem explicações a dar tem que dar. Mas sua prisão foi uma infâmia brutal", afirmou Tarso Genro
Ex-governador do Rio Grande do Sul Tarso Genro reagiu à prisão do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega nesta quinta-feira, o que considerou arbitrariedade; "Guido não é fugitivo.Não é clandestino. Foi um grande Ministro. Se tem explicações a dar tem que dar. Mas sua prisão foi uma infâmia brutal", afirmou Tarso Genro (Foto: Romulo Faro)

Rio Grande do Sul 247 - Em seu perfil no Twitter, o ex-governador do Rio Grande do Sul Tarso Genro reagiu à prisão do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega nesta quinta-feira, o que considerou arbitrariedade. 

"Guido não é fugitivo.Não é clandestino. Foi um grande Ministro. Se tem explicações a dar tem que dar. Mas sua prisão foi uma infâmia brutal", afirmou Tarso Genro.

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247