Professores de Sergipe são os mais bem pagos do Nordeste

Categoria que realiza greve todos os anos tem o vencimento médio mensal de R$ 3.196, mais do que é pago em grandes Estados, como a Bahia, o Rio de Janeiro e São Paulo, e superior a média nacional dos salários, que é de R$ 2.633; dados são de levantamento realizado pela revista Educação; além disso, segundo a publicação, o Governo cumpre artigo da Lei do Piso, que estabelece que um terço da jornada do professor seja destinado a atividades extraclasse; e agora, Sintese?

Professores de Sergipe são os mais bem pagos do Nordeste
Professores de Sergipe são os mais bem pagos do Nordeste
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sergipe 247 – Os professores de Sergipe, da rede pública estadual, são os mais bem pagos do Nordeste. E em todo o país, eles só perdem para os profissionais do Distrito Federal, de Goiás e de Roraima. O vencimento médio mensal do professor sergipano é de R$ 3.196, mais do que é pago em grandes Estados, como a Bahia, o Rio de Janeiro e São Paulo. E é bem superior a média nacional dos salários, que é de R$ 2.633.

Os dados são resultado de um levantamento exclusivo realizado pela revista Educação junto às secretarias de educação das 27 unidades da federação brasileiras e a sindicatos dos professores. Cinco Estados brasileiros (Amapá, Amazonas, Paraíba, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) não cumprem a lei do piso. Os números são referentes a dezembro de 2012, quando o vencimento básico para um docente da rede pública com formação de ensino médio era de R$ 1.451, por uma jornada de 40 horas de trabalho semanais. Para 2013, o valor já está definido em R$ 1.567.

A matéria informa ainda que Sergipe respeita o artigo da lei que estabelece que um terço da jornada do professor seja destinado a atividades fora da sala de aula, em planejamento pedagógico ou de atividades, por exemplo. Atualmente, de acordo com a pesquisa, 38% do tempo do professor sergipano, da rede estadual, é destino a atividades extraclasse.

Considerando somente a rede municipal de ensino, os professores de Sergipe ganham, em média, R$ 2.421. Agora, relacionando a rede estadual e os municípios, o valor sobe para R$ 2.905. Os melhores salários pagos no Brasil para o magistério são do Distrito Federal (média de R$ 4.100). O Rio Grande do Sul é quem paga pior: R$1.300, em média.

Quem não deve estar gostando muito da divulgação destes números é o Sindicato dos Professores de Sergipe (Sintese), a maior organização sindical do Estado, que já planeja, inclusive, paralisações e protestos contra o Governo, porque, segundo a categoria, o piso não é pago. A pesquisa da revista Educação não só mostrou o contrário como também apresentou que em comparação com o restante do Nordeste – e até do país –, o professor de Sergipe está em uma boa condição salarial.

Foto: Portal Infonet

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email