Programa de educação da Ford beneficia 100 jovens na rede pública

Inspirado no programa estadual Educar para Transformar, a Ford Camaçari criou o 'Programa de Educação para Jovens'; neste primeiro momento, a iniciativa contempla 100 jovens de 17 e 21 anos, todos da rede pública estadual de ensino; a expectativa é de que, por meio de formação técnica e comportamental, os jovens tenham facilitado o acesso ao mercado de trabalho; "Quero agradecer à Ford pela adesão ao Educar para Transformar. Minha intenção é transformar esta terra em um centro de pesquisa e formação profissional. Que qualquer empresa lá fora [do exterior] saiba que na Bahia tem jovens capacitados com excelente padrão tecnológico e de ensino. Quero pedir a cada um de vocês que agarrem esta oportunidade", disse o governador Rui Costa

Inspirado no programa estadual Educar para Transformar, a Ford Camaçari criou o 'Programa de Educação para Jovens'; neste primeiro momento, a iniciativa contempla 100 jovens de 17 e 21 anos, todos da rede pública estadual de ensino; a expectativa é de que, por meio de formação técnica e comportamental, os jovens tenham facilitado o acesso ao mercado de trabalho; "Quero agradecer à Ford pela adesão ao Educar para Transformar. Minha intenção é transformar esta terra em um centro de pesquisa e formação profissional. Que qualquer empresa lá fora [do exterior] saiba que na Bahia tem jovens capacitados com excelente padrão tecnológico e de ensino. Quero pedir a cada um de vocês que agarrem esta oportunidade", disse o governador Rui Costa
Inspirado no programa estadual Educar para Transformar, a Ford Camaçari criou o 'Programa de Educação para Jovens'; neste primeiro momento, a iniciativa contempla 100 jovens de 17 e 21 anos, todos da rede pública estadual de ensino; a expectativa é de que, por meio de formação técnica e comportamental, os jovens tenham facilitado o acesso ao mercado de trabalho; "Quero agradecer à Ford pela adesão ao Educar para Transformar. Minha intenção é transformar esta terra em um centro de pesquisa e formação profissional. Que qualquer empresa lá fora [do exterior] saiba que na Bahia tem jovens capacitados com excelente padrão tecnológico e de ensino. Quero pedir a cada um de vocês que agarrem esta oportunidade", disse o governador Rui Costa (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - Inspirado no programa estadual Educar para Transformar, e em parceria com o instituições como Sesi e Senai, a Ford Camaçari criou o 'Programa de Educação para Jovens'. Neste primeiro momento, a iniciativa contempla 100 jovens de 17 e 21 anos, todos da rede pública estadual de ensino. A expectativa é de que, por meio de formação técnica e comportamental, os jovens tenham facilitado o acesso ao mercado de trabalho.

O governador Rui Costa e o presidente da empresa na América do Sul, Steven Armstrong, participaram do evento, realizado na Cidade do Saber e que marcou o início do programa no município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

"Quero agradecer à Ford pela adesão ao Educar para Transformar. Minha intenção é transformar esta terra em um centro de pesquisa e formação profissional. Que qualquer empresa lá fora [do exterior] saiba que na Bahia tem jovens capacitados com excelente padrão tecnológico e de ensino. Quero pedir a cada um de vocês que agarrem esta oportunidade".

O presidente da Ford disse que em virtude da situação econômica mundial, a empresa tem que tomar decisões difíceis, mas os projetos sociais, em especial os da área de educação, continuam como prioritários.

A primeira fase das aulas, focada no comportamento no ambiente de trabalho, terá inicio nesta quarta (21). A segunda etapa começará o dia 6 de janeiro de 2016, com cursos de auxiliar de eletricista, auxiliar de mecânico de automóveis, auxiliar de mecânico de máquinas industriais e auxiliar administrativo.

Trinta dos 100 selecionados terão ainda a possibilidade de participar do programa Jovem Aprendiz da Ford, que, além dos nove meses de curso no Senai, terão mais oito meses de experiência na fábrica.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247