Projeto da Lei Orçamentária Anual inicia tramitação na Assembleia

O projeto de Lei Orçamentária Anual do Governo do Ceará 2017 iniciou tramitação na Assembleia Legislativa nesta terça (18). A proposta prevê orçamento da ordem de R$ 25,062 bilhões, 3% maior que o do ano passado. A despesa com Pessoal e Encargos Sociais representa o maior componente do gasto estadual, estimado em R$ 10,5 bilhões, correspondendo a 41,9%

O projeto de Lei Orçamentária Anual do Governo do Ceará 2017 iniciou tramitação na Assembleia Legislativa nesta terça (18). A proposta prevê orçamento da ordem de R$ 25,062 bilhões, 3% maior que o do ano passado. A despesa com Pessoal e Encargos Sociais representa o maior componente do gasto estadual, estimado em R$ 10,5 bilhões, correspondendo a 41,9%
O projeto de Lei Orçamentária Anual do Governo do Ceará 2017 iniciou tramitação na Assembleia Legislativa nesta terça (18). A proposta prevê orçamento da ordem de R$ 25,062 bilhões, 3% maior que o do ano passado. A despesa com Pessoal e Encargos Sociais representa o maior componente do gasto estadual, estimado em R$ 10,5 bilhões, correspondendo a 41,9% (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará247 - O projeto de Lei Orçamentária Anual do Governo do Ceará que estima a receita e fixa a despesa para o exercício de 2017, iniciou tramitação na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (18). 

De nº 103/16,  a proposta, oriunda da mensagem 8.056, prevê orçamento da ordem de R$ 25,062 bilhões, contemplando áreas como de educação, saúde e segurança pública, com exceção dos encargos especiais e Previdência.

O secretário de Planejamento e Gestão (Seplag), Hugo Figueiredo,ao entregar a mensagem ao vice-presidente da AL Tin Gomes (PHS), na última sexta-feira (14/10),  explicou que o Estado estima para o próximo ano, crescimento de 3% em relação a 2016.

O projeto compreende o orçamento fiscal referente aos três poderes Estaduais, Ministério Público, Defensoria Pública, fundos, órgãos e entidades da administração direta e indireta e empresas estatais dependentes, fundações legalmente instituídas e mantidas pelo Poder Público. A proposta do Estado foi elaborada considerando as orientações estratégicas do Plano Plurianual para 2016-2019 e pautado na Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2017.

Para a Educação, a proposta prevê gastos para expansão de escolas em tempo integral, construção de novas unidades e aumento da oferta de matrículas. Já na área da Saúde os gastos contemplam a cobertura territorial, com implantação de novo hospital e ampliação de serviços. Na Segurança Pública, o Governo segue com a política de valorização do profissional da segurança, além de investimentos na reforma e modernização das unidades da Polícia, aquisição de viaturas e adequação das instalações, para a melhoria no atendimento e garantia de maior segurança ao cidadão.

A despesa com Pessoal e Encargos Sociais representa o maior componente do gasto estadual, estimado em R$ 10,5 bilhões, correspondendo a 41,9%. Outras Despesas Correntes (ODC) detêm 35% do total da previsão orçamentária para 2017, o que representa R$ 8,9 bilhões. 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247