Promotor vai avaliar nova data para depoimento de Lula

O promotor Cássio Conserino, responsável por conduzir a investigação envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre suposta ocultação de patrimônio no tríplex do Guarujá, deve retomar nesta quarta (24), a análise do caso e avaliar o agendamento do depoimento dele e de sua esposa, Marisa Letícia

www.brasil247.com - O promotor Cássio Conserino, responsável por conduzir a investigação envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre suposta ocultação de patrimônio no tríplex do Guarujá, deve retomar nesta quarta (24), a análise do caso e avaliar o agendamento do depoimento dele e de sua esposa, Marisa Letícia
O promotor Cássio Conserino, responsável por conduzir a investigação envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre suposta ocultação de patrimônio no tríplex do Guarujá, deve retomar nesta quarta (24), a análise do caso e avaliar o agendamento do depoimento dele e de sua esposa, Marisa Letícia (Foto: Valter Lima)


247 - O promotor Cássio Conserino, responsável por conduzir a investigação envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre suposta ocultação de patrimônio no tríplex do Guarujá, deve retomar nesta quarta-feira (24), a análise do caso e avaliar o agendamento do depoimento dele e de sua esposa, Marisa Letícia.

Ele afirmou, ao deixar o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) nesta terça-feira, que irá analisar a partir desta quarta-feira a situação do casal. No início desta tarde, o conselho confirmou a competência do promotor para permanecer à frente da investigação.

 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247