Protestos contra Dilma têm baixa adesão no estado

No Tocantins houve protestos contra a presidente Dilma Rousseff em Palmas e Araguaína; na capital, a concentração de manifestantes foi na praça dos Girassóis; de acordo com a Polícia Militar, 350 manifestantes estiveram no local; para os organizadores, foram 1,2 mi manifestantes; com faixas, cartazes, rostos pintados e até trio elétrico, eles pediram o fim da corrupção e alguns querem a intervenção militar no governo

No Tocantins houve protestos contra a presidente Dilma Rousseff em Palmas e Araguaína; na capital, a concentração de manifestantes foi na praça dos Girassóis; de acordo com a Polícia Militar, 350 manifestantes estiveram no local; para os organizadores, foram 1,2 mi manifestantes; com faixas, cartazes, rostos pintados e até trio elétrico, eles pediram o fim da corrupção e alguns querem a intervenção militar no governo
No Tocantins houve protestos contra a presidente Dilma Rousseff em Palmas e Araguaína; na capital, a concentração de manifestantes foi na praça dos Girassóis; de acordo com a Polícia Militar, 350 manifestantes estiveram no local; para os organizadores, foram 1,2 mi manifestantes; com faixas, cartazes, rostos pintados e até trio elétrico, eles pediram o fim da corrupção e alguns querem a intervenção militar no governo (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 - No Tocantins, os protestos contra a presidente Dilma Rousseff desse domingo, 12, não tiveram a mesma adesão das manifestações do dia 15 de março.

Em Palmas, os manifestantes se reuniram na praça dos Girassóis, centro da cidade. Segundo a Polícia Militar, 350 manifestantes estiveram no local. Para os organizadores, foram cerca de 1,2 mil pessoas. 

Com faixas, cartazes, rostos pintados e até trio elétrico, eles pediram o fim da corrupção e alguns querem a intervenção militar no governo. Os manifestantes também gritaram palavras de ordem contra a presidente Dilma Rousseff e pediram seu impeachment. O protesto na capital terminou por volta das 18h30.

Na manifestação do dia 15, cerca de 10 mil pessoas participaram em Palmas, segundo a PM. Já para os organizadores, foram 18 mil.

Em Araguaína, cerca de 20 pessoas se reuniram na praça do Galo, distribuindo cartazes contra a presidente. Para os organizadores, foram 50 manifestantes.

Em Gurupi, que no dia 15 de março reuniu cerca de 400 manifestantes, não houve protestos nesse domingo.

 

Leia também: Mais de 10 mil vão às ruas no TO contra Dilma e PT

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247