PSB diz que Sukita não é vice-presidente do partido

Diretório Estadual do PSB emitiu nota nesta terça (3) sobre a prisão do ex-prefeito Manoel Sukita, que é filiado ao partido; no documento, o PSB informa que "desde o ano de 2013 quando surgiram no noticiário graves denúncias contra a gestão do ex-prefeito, que, a direção do partido dele recebeu pedido de renúncia do cargo de vice-presidente da Executiva, deixando, também, a partir de então, de figurar o seu nome na relação dos membros do Diretório Regional do PSB"; partido pede que "o princípio do contraditório e da ampla defesa sejam observados" e que se estabeleça a verdade

Diretório Estadual do PSB emitiu nota nesta terça (3) sobre a prisão do ex-prefeito Manoel Sukita, que é filiado ao partido; no documento, o PSB informa que "desde o ano de 2013 quando surgiram no noticiário graves denúncias contra a gestão do ex-prefeito, que, a direção do partido dele recebeu pedido de renúncia do cargo de vice-presidente da Executiva, deixando, também, a partir de então, de figurar o seu nome na relação dos membros do Diretório Regional do PSB"; partido pede que "o princípio do contraditório e da ampla defesa sejam observados" e que se estabeleça a verdade
Diretório Estadual do PSB emitiu nota nesta terça (3) sobre a prisão do ex-prefeito Manoel Sukita, que é filiado ao partido; no documento, o PSB informa que "desde o ano de 2013 quando surgiram no noticiário graves denúncias contra a gestão do ex-prefeito, que, a direção do partido dele recebeu pedido de renúncia do cargo de vice-presidente da Executiva, deixando, também, a partir de então, de figurar o seu nome na relação dos membros do Diretório Regional do PSB"; partido pede que "o princípio do contraditório e da ampla defesa sejam observados" e que se estabeleça a verdade (Foto: Valter Lima)

Sergipe 247 - O Diretório Estadual do PSB emitiu nota na tarde desta terça-feira (3) sobre a prisão do ex-prefeito Manoel Sukita, que é filiado ao partido. No documento, o PSB informa que "desde o ano de 2013 quando surgiram no noticiário graves denúncias contra a gestão do ex-prefeito, que, a direção do partido dele recebeu pedido de renúncia do cargo de vice-presidente da Executiva, deixando, também, a partir de então, de figurar o seu nome na relação dos membros do Diretório Regional do PSB".

"O PSB confia na justiça. Tem certeza de que o princípio do contraditório e da ampla defesa serão observados, esperando que todos os fatos que envolvem esse processo sejam devidamente esclarecidos, e, ao final, que venha a decisão que expresse unicamente a verdade", completou.

Abaixo a nota na íntegra:

O Partido Socialista Brasileiro ao tomar conhecimento da operação policial deflagrada em nosso estado que envolveu o ex-prefeito Sukita, vem a público dizer o seguinte:

Desde o ano de 2013 quando surgiram no noticiário graves denúncias contra a gestão do ex-prefeito Manoel Sukita, que, a direção do partido dele recebeu pedido de renúncia do cargo de vice-presidente da Executiva, deixando, também, a partir de então, de figurar o seu nome na relação dos membros do Diretório Regional do PSB, conforme demonstram os registros do TRE, que podem ser consultados, livremente, através do portal deste egrégio órgão da Justiça Eleitoral. 

O PSB confia na justiça. Tem certeza de que o princípio do contraditório e da ampla defesa serão observados, esperando que todos os fatos que envolvem esse processo sejam devidamente esclarecidos, e, ao final, que venha a decisão que expresse unicamente a verdade.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247