PSB diz ter “plena confiança” na conduta de Campos

Em nota, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, afirmou nesta terça-feira, que tem "plena confiança na conduta" do ex-governador de Pernambuco e ex-presidente do partido, Eduardo Campos; "O Partido apoia a apuração das investigações e reafirma a certeza de que, ao final, não restarão quaisquer dúvidas de que a campanha de Eduardo Campos não cometeu nenhum ato ilícito", diz Siqueira; segundo a operação Turbulência, da Polícia Federal, um grupo criminoso teria financiado a campanha à reeleição de Eduardo Campos no governo de Pernambuco

Em nota, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, afirmou nesta terça-feira, que tem "plena confiança na conduta" do ex-governador de Pernambuco e ex-presidente do partido, Eduardo Campos; "O Partido apoia a apuração das investigações e reafirma a certeza de que, ao final, não restarão quaisquer dúvidas de que a campanha de Eduardo Campos não cometeu nenhum ato ilícito", diz Siqueira; segundo a operação Turbulência, da Polícia Federal, um grupo criminoso teria financiado a campanha à reeleição de Eduardo Campos no governo de Pernambuco
Em nota, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, afirmou nesta terça-feira, que tem "plena confiança na conduta" do ex-governador de Pernambuco e ex-presidente do partido, Eduardo Campos; "O Partido apoia a apuração das investigações e reafirma a certeza de que, ao final, não restarão quaisquer dúvidas de que a campanha de Eduardo Campos não cometeu nenhum ato ilícito", diz Siqueira; segundo a operação Turbulência, da Polícia Federal, um grupo criminoso teria financiado a campanha à reeleição de Eduardo Campos no governo de Pernambuco (Foto: Aquiles Lins)

Pernambuco 247 - O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, afirmou nesta terça-feira, que tem "plena confiança na conduta" do ex-governador de Pernambuco e ex-presidente do partido, Eduardo Campos.

"O Partido apoia a apuração das investigações e reafirma a certeza de que, ao final, não restarão quaisquer dúvidas de que a campanha de Eduardo Campos não cometeu nenhum ato ilícito", diz Siqueira, por meio de nota. 

Segundo a operação Turbulência, deflagrada nesta terça-feira pela Polícia Federal, um grupo criminoso teria financiado a campanha à reeleição de Eduardo Campos no governo de Pernambuco, por meio de desvio de dinheiro de obras da transposição do Rio São Francisco e da Petrobras (leia mais).

Leia na íntegra:

"Nota oficial do PSB sobre a Operação Turbulência

A direção nacional do Partido Socialista Brasileiro – PSB, em face da Operação Turbulência, da Polícia Federal, noticiada hoje (21) pela imprensa, informa à sociedade brasileira ter plena confiança na conduta do nosso querido e saudoso Eduardo Campos, ex-presidente e ex-governador de Pernambuco.

O Partido apoia a apuração das investigações e reafirma a certeza de que, ao final, não restarão quaisquer dúvidas de que a campanha de Eduardo Campos não cometeu nenhum ato ilícito.

Carlos Siqueira
Presidente Nacional do Partido Socialista Brasileiro"

 

 

 

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247.Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247