PSB é condenado a indenizar moradora de imóvel atingido por queda de avião que matou Campos

A 8ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, condenou, por unanimidade, o PSB e dois empresários a pagarem, de forma solidária, indenização por danos morais de R$ 10 mil a moradora de um apartamento que foi atingido pela queda do avião que transportava o ex-governador Eduardo Campos e outras seis pessoas em 2014; na época, Campos era candidato à Presidência da República; todos os sete  ocupantes da aeronave morreram no acidente

PSB é condenado a indenizar moradora de imóvel atingido por queda de avião que matou Campos
PSB é condenado a indenizar moradora de imóvel atingido por queda de avião que matou Campos

Pernambuco 247 - A Justiça paulista, por meio da 8ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, condenou, por unanimidade, o PSB e dois empresários a pagarem, de forma solidária, indenização por danos morais no valor de R$ 10 mil a moradora de um apartamento que foi atingido pela queda do avião que transportava o ex-governador Eduardo Campos e outras seis pessoas em 2014. Na época, Campos era candidato à Presidência da República. Todos os ocupantes da aeronave morreram no acidente.

Segundo o tribunal, uma outra ação para o ressarcimento dos danos causados ao prédio – cujos reparos foram feitos por um outro morador - foi ajuizada em separado.Ainda de acordo com os autos do processo, a moradora, uma idosa com 76 anos na época, estava em seu apartamento quando ouviu o barulho da queda do jatinho.

Ao chegar a garagem encontrou os destroços do avião. Para o relator da apelação, o desembargador Pedro de Alcântara da Silva Leme Filho, tanto os empresários como o PSB possuíam a posse e a exploração direta e indireta da aeronave, devendo, portanto, responder a danos causados a terceiros.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247