PSB indica nomes para comissão e se mostra pró-impeachment

O PSB indicou três dos quatro nomes que irão compor a comissão especial da Câmara responsável por analisar o pedido de impeachment; ex-aliado histórico do PT, partido tem adotado uma postura independente no Congresso, além de uma ala da legenda ser francamente favorável ao afastamento da presidente Dilma; "Temos as duas posições na bancada, mas hoje o grupo majoritário é pelo impedimento da presidente", disse o líder da bancada na Câmara, Fernando Filho (PE); além dele, o PSB indicou os deputados Danilo Forte (CE) e Tadeu Alencar (PE); vaga em aberto está sendo disputada pelos deputados Bebeto (BA), Luiza Erundina (SP) e João Fernando Coutinho (PE)

O PSB indicou três dos quatro nomes que irão compor a comissão especial da Câmara responsável por analisar o pedido de impeachment; ex-aliado histórico do PT, partido tem adotado uma postura independente no Congresso, além de uma ala da legenda ser francamente favorável ao afastamento da presidente Dilma; "Temos as duas posições na bancada, mas hoje o grupo majoritário é pelo impedimento da presidente", disse o líder da bancada na Câmara, Fernando Filho (PE); além dele, o PSB indicou os deputados Danilo Forte (CE) e Tadeu Alencar (PE); vaga em aberto está sendo disputada pelos deputados Bebeto (BA), Luiza Erundina (SP) e João Fernando Coutinho (PE)
O PSB indicou três dos quatro nomes que irão compor a comissão especial da Câmara responsável por analisar o pedido de impeachment; ex-aliado histórico do PT, partido tem adotado uma postura independente no Congresso, além de uma ala da legenda ser francamente favorável ao afastamento da presidente Dilma; "Temos as duas posições na bancada, mas hoje o grupo majoritário é pelo impedimento da presidente", disse o líder da bancada na Câmara, Fernando Filho (PE); além dele, o PSB indicou os deputados Danilo Forte (CE) e Tadeu Alencar (PE); vaga em aberto está sendo disputada pelos deputados Bebeto (BA), Luiza Erundina (SP) e João Fernando Coutinho (PE) (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pernambuco 247 - O PSB indicou três dos quatro nomes que irão compor a comissão especial da Câmara que responsável por analisar o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. O PSB, que até 2013 era um aliado histórico do PT, tem adotado uma postura independente no Congresso nacional, além de uma ala do partido ser francamente favorável ao afastamento de Dilma da chefia do Executivo Federal.

Segundo o líder da bancada do partido na Câmara, Fernando Filho (PE), e que também será um dos integrantes da comissão, o partido encontra-se meio que dividido sobre o impeachment. "Temos as duas posições na bancada, mas hoje o grupo majoritário é pelo impedimento da presidente", disse.

O PSB realizará uma reunião para discutir o assunto nesta quarta-feira (9). Os outros dois membros da legenda que foram indicados para a comissão são Danilo Forte (CE) e Tadeu Alencar (PE). A vaga em aberto está sendo disputada pelos deputados Bebeto (BA), Luiza Erundina (SP) e João Fernando Coutinho (PE).

Todos os 65 membros titulares da comissão que irá analisar o pedido de impeachment deverão ser indicados ainda nesta segunda-feira (7). O presidente e o relator serão escolhidos nesta terça-feira.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247