PSB já corteja Alckmin para 2018

“Há entendimentos em curso, e seremos uma alternativa muito forte”, diz o líder do PSB no Senado, Antônio Carlos Valadares; segundo ele, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) é “excelente pessoa, tem seriedade, é solidário e um grande administrador de São Paulo, tanto que obteve sua reeleição com facilidade”; esse projeto está ainda para ser costurado com a esquerda socialista e não tem objeção do governador de Pernambuco, Paulo Câmara, de acordo com o colunista Ilimar Franco 

“Há entendimentos em curso, e seremos uma alternativa muito forte”, diz o líder do PSB no Senado, Antônio Carlos Valadares; segundo ele, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) é “excelente pessoa, tem seriedade, é solidário e um grande administrador de São Paulo, tanto que obteve sua reeleição com facilidade”; esse projeto está ainda para ser costurado com a esquerda socialista e não tem objeção do governador de Pernambuco, Paulo Câmara, de acordo com o colunista Ilimar Franco 
“Há entendimentos em curso, e seremos uma alternativa muito forte”, diz o líder do PSB no Senado, Antônio Carlos Valadares; segundo ele, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) é “excelente pessoa, tem seriedade, é solidário e um grande administrador de São Paulo, tanto que obteve sua reeleição com facilidade”; esse projeto está ainda para ser costurado com a esquerda socialista e não tem objeção do governador de Pernambuco, Paulo Câmara, de acordo com o colunista Ilimar Franco  (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O PSB sonha em ocupar o espaço perdido pelo PT e já se projeta para a disputa de 2018 com um nome forte, que pode até ser o do governador tucano Geraldo Alckmin.

“Há entendimentos em curso, e seremos uma alternativa muito forte”, disse o líder do PSB no Senado, Antônio Carlos Valadares. Segundo ele, Alckmin é “excelente pessoa, tem seriedade, é solidário e um grande administrador de São Paulo, tanto que obteve sua reeleição com facilidade”.

Esse projeto está ainda para ser costurado com a esquerda socialista e não tem objeção do governador de Pernambuco, Paulo Câmara, de acordo com o colunista Ilimar Franco.

"Alckmin não é socialista, mas a política brasileira é marcada pelo pragmatismo. Pesa a favor dele ter feito 40% dos votos, em 2006, contra Lula. O vice paulista, Márcio França, conversa sempre com Alckmin, mas outros já estiveram no Palácio dos Bandeirantes", diz. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247