PSB só deixará governo em 2014, diz aliado de Campos

Prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), afirma que seu partido entregará todos os cargos no governo Dilma se o governador de Pernambuco se lançar candidato à Presidência em 2014

PSB só deixará governo em 2014, diz aliado de Campos
PSB só deixará governo em 2014, diz aliado de Campos (Foto: Bobby Fabisak)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O PSB fica na bancada governista até 2014. É o que garante o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), e aliado de Eduardo Campos. Em entrevista à Folha, seu partido entregará todos os cargos no governo Dilma se o governador de Pernambuco se lançar candidato à Presidência em 2014.

A decisão pública sobre a candidatura só deve ser anunciada em março ou abril do ano que vem - assim como aconteceu em 2010, quando o PSB decidiu retirar a pré-candidatura presidencial de Ciro Gomes para declarar depois apoio ao PT e a Dilma Rousseff.

Geraldo Julio tenta não definir prazos: "Eu não colocaria a coisa como se já estivesse posta. A candidatura já existe ou está definido que ela vai existir. Eu não colocaria as coisas assim", declara o prefeito do Recife -que chega a sugerir na entrevista que os deputados e senadores de seu partido cometem um erro ao falar como se a candidatura de Eduardo Campos já estivesse definida.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email