PSD confia na rejeição das contas de João Henrique

"O parecer do TCM é claro quando aponta o não cumprimento de índices constitucionais. E todos nós sabemos que a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) tem que ser cumprida. Sendo assim, nós vereadores não podemos votar de forma favorável", afirma o líder do PSD, vereador Duda Sanches, sobre o exercício 2010 das contas do ex-prefeito João Henrique (PP); nas contas de Duda, "no máximo" 12 dos 43 parlamentares devem votar contra o parecer do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM)

PSD confia na rejeição das contas de João Henrique
PSD confia na rejeição das contas de João Henrique
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247

O líder do PSD na Câmara Municipal, vereador Duda Sanches, volta a dizer que está confiante na reprovação do exercício financeiro de 2010 da Prefeitura de Salvador, sob gestão de João Henrique (PP), cuja previsão de votação é para esta tarde no plenário da Casa do Povo.

Nas contas de Duda, "no máximo" 12 dos 43 parlamentares devem votar contra o parecer de rejeição das contas elaborado pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

Segundo ele, a decisão do PSD se deu "em respeito não apenas à população soteropolitana que tanto sofreu e vem sofrendo em função da má administração do antigo gestor", mas também à avaliação unânime do TCM.

"O parecer do TCM é claro quando aponta o não cumprimento de índices constitucionais. E todos nós sabemos que a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) tem que ser cumprida. Sendo assim, nós vereadores não podemos votar de forma favorável".

Duda afirma ainda que a Câmara não pode mais adiar a apreciação das contas do pior prefeito que Salvador já teve e um dos piores do Brasil, segundo avaliação popular.

João Henrique já teve as contas de 2009 reprovadas pelo TCM e pela Câmara e é considerado inelegível por oito anos. Ele afirma, no entanto, que está apto para cargos eletivos e garante que será candidato ao Governo da Bahia em 2014.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247