PSDB: "Dilma tenta fazer mineiros de bobos"

PSDB de Minas Gerais divulgou nota neste domingo (8) para dizer que as obras para a Copa anunciadas pela presidente Dilma Rousseff (PT), em Belo Horizonte, "não têm recursos do governo federal, ao contrário do que ela dá a entender"; segundo os tucanos, Dilma, "mais uma vez, tenta fazer os mineiros de bobos, ao propagar que é a responsável pelas obras de mobilidade urbana na capital"; PSDB de Minas é presidido pelo deputado federal Marcus Pestana

PSDB de Minas Gerais divulgou nota neste domingo (8) para dizer que as obras para a Copa anunciadas pela presidente Dilma Rousseff (PT), em Belo Horizonte, "não têm recursos do governo federal, ao contrário do que ela dá a entender"; segundo os tucanos, Dilma, "mais uma vez, tenta fazer os mineiros de bobos, ao propagar que é a responsável pelas obras de mobilidade urbana na capital"; PSDB de Minas é presidido pelo deputado federal Marcus Pestana
PSDB de Minas Gerais divulgou nota neste domingo (8) para dizer que as obras para a Copa anunciadas pela presidente Dilma Rousseff (PT), em Belo Horizonte, "não têm recursos do governo federal, ao contrário do que ela dá a entender"; segundo os tucanos, Dilma, "mais uma vez, tenta fazer os mineiros de bobos, ao propagar que é a responsável pelas obras de mobilidade urbana na capital"; PSDB de Minas é presidido pelo deputado federal Marcus Pestana (Foto: Valter Lima)

247 - O PSDB de Minas Gerais divulgou nota neste domingo (8) para dizer que as obras para a Copa anunciadas pela presidente Dilma Rousseff (PT), em Belo Horizonte, "não têm recursos do governo federal, ao contrário do que ela dá a entender". Segundo os tucanos, Dilma, "mais uma vez, tenta fazer os mineiros de bobos, ao propagar que é a responsável pelas obras de mobilidade urbana na capital". O PSDB de Minas é presidido pelo deputado federal Marcus Pestana.

A crítica tucana se deve ao fato de a presidente destacar sempre a parceria do governo federal nessas obras e ainda ter desdenhado das gestões do PSDB no Planalto entre 1995 e 2002, dizendo que não foram feitos investimentos em mobilidade como faz a sua gestão. Na capital mineira, Dilma inaugurou o Centro de Operações da Prefeitura de Belo Horizonte (Cop), onde ficarão concentradas as ações estratégicas de trânsito e segurança durante a Copa, e entregou 19 ambulâncias para expansão do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) na cidade.

"Na verdade, essas obras estão sendo feitas com recursos próprios da prefeitura de Belo Horizonte e do governo do Estado. Os valores que a presidente diz que direciona para as obras vêm da Caixa Econômica Federal, na forma de empréstimos, que deverão ser quitados pela prefeitura, com juros", diz a nota do PSDB.

Na nota, os tucanos também confrontam a fala da presidente na cobrança que ela fez sobre o metrô de Belo Horizonte. "Desde 2003, o governo federal do PT promete fazer a expansão das linhas, mas nada acontece. Na impossibilidade de entregar o prometido, Dilma tenta empurrar o assunto para o governo estadual, eximindo-se de sua responsabilidade e do compromisso assumido reiteradas vezes", afirmou o documento.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247