PSDB entra com recurso para implantar CPI da UNE

Líder do PSDB na Câmara dos Deputados, o baiano Antônio Imbassahy, entrou com um recurso no plenário contra a decisão do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que arquivou a criação de uma CPI para apurar irregularidades na União Nacional dos Estudantes (UNE); Maia seguiu uma determinação do antecessor Waldir Maranhão (PP-MA) ao manter o arquivamento sobre a criação da comissão

Imbassahy
Imbassahy (Foto: Paulo Emílio)

Bahia 247 - O líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassahy (BA), entrou com um recurso no plenário contra a decisão do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que arquivou a criação de uma CPI para apurar irregularidades na União Nacional dos Estudantes (UNE). Maia seguiu uma determinação do antecessor Waldir Maranhão (PP-MA) ao arquivar a criação da comissão. 

Ao contrário de outras ações que visavam a criação da CPI da UNE – que pediam que o caso fosse reavaliado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara –, Imbassahy pede que apreciação da criação da CPI seja feita diretamente pelo plenário.

O pedido de uma da CPI da UNE é de interesse direto da ala jovem do PSDB, que deverá disputar o comando da entidade estudantil na próxima eleição. Apesar de ter tido o apoio do PSDB para assumir o comando da Casa, Maia já adiantou que não pretende recuar da decisão.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247