PSDB não vai coligar nas eleições para vereadores

Embora tenha sido um dos primeiros partidos aliados a declarar apoio à possível candidatura do prefeito ACM Neto (DEM) à reeleição, o PSDB decidiu que não vai coligar nas eleições proporcionais (para a Câmara de Vereadores); em reunião na segunda-feira (18), os tucanos anunciaram que pretendem eleger pelo menos três vereadores em Salvador nas eleições de outubro próximo; "Vamos sair sem coligação. Temos perspectiva de eleição de vereadores", disse o líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Antônio Imbassahy;

Imbassahy
Imbassahy (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Embora tenha sido um dos primeiros partidos aliados a declarar apoio à possível candidatura do prefeito ACM Neto (DEM) à reeleição, o PSDB decidiu que não vai coligar nas eleições proporcionais (para a Câmara de Vereadores).

Em reunião na segunda-feira (18), os tucanos anunciaram que pretendem eleger pelo menos três vereadores em Salvador nas eleições de outubro próximo.

"Vamos sair sem coligação. Temos perspectiva de eleição de vereadores", disse o líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Antônio Imbassahy.

Na majoritária, os tucanos oferecem para vice de ACM Neto o presidente da Câmara Municipal, vereador Paulo Câmara, e o ex-secretário de Planejamento de Salvador Silvio Pinheiro.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247