PSL quer 'mais espaço' no governo de Rui Costa

Deputado de primeiro mandato, Manassés trava disputa com o ex-todo-poderoso Marcelo Nilo, que presidiu a Assembleia Legislativa da Bahia por 10 anos consecutivos; Manassés afirma que a atual cota do PSL no governo de Rui Costa não é do partido de fato, mas sim "coisa pessoal" de Nilo; falando pelo PSL, ele garante que a legenda quer "mais espaço" no governo; "Minha relação com o governador é boa. Mas Temos um problema com relação a Marcelo Nilo. Hoje o PSL tem sete deputados. O PSL com o governo do estado não tem estrutura. Hoje quem tem estrutura no governo é Nilo, que tem a Embasa e a Secretaria de Ressocialização", afirma Manassés

Manassés
Manassés (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Deputado estadual de primeiro mandato, Manassés trava disputa com Marcelo Nilo, que presidiu a Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) por 10 anos consecutivos (deixou o cargo dia 2 de fevereiro último). Ele afirma que a atual cota do PSL no governo de Rui Costa não é do partido de fato, mas sim "coisa pessoal" de Nilo. Falando pelo PSL, Manassés garante que a legenda quer "mais espaço" no governo.

"Minha relação com o governador é boa. Mas Temos um problema com relação a Marcelo Nilo. Hoje o PSL tem sete deputados. O PSL com o governo do estado não tem estrutura. Temos a segunda maior bancada da Assembleia. Hoje quem tem estrutura no governo é Nilo, que tem a Embasa e a Secretaria de Ressocialização", afirmou Manassés em entrevista à rádio Metrópole nesta sexta-feira (3).

"O governo achava que o PSL estava contemplada com a Embasa e a secretaria, e isso é de Nilo", reafirma o deputado. Em sua saga contra Marcelo Nilo no PSL, Manassés conta com o apoio do também novato Alan Castro. Ambos declararam voto no atual presidente da Assembleia, deputado Ângelo Coronel, do PSD, muito antes de Nilo retirar sua candidatura por falta de apoio.

"Eu me manifestei junto com o deputado Alan Castro para não votar em Marcelo Nilo, votamos em Coronel. Aos 47 minutos, os outros deputados votaram em Coronel. Eu não tenho o rabo preso com ninguém. Minha obrigação é com as quase 40 mil pessoas que votaram em mim", disse Manassés.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247