PT aposta em Lula contra vantagem de Marina em PE

Enquanto o PSB e os integrantes da Rede Sustentabilidade em Pernambuco comemoram o crescimento da candidatura presidencial da ex-senadora Marina Silva (PSB) no Estado, o PT tem sua primeira aposta para reverter a situação depositada em cima da visita que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará ao Estado nesta quinta-feira (4); Pernambuco é o único estado do Nordeste onde a presidente Dilma Rousseff (PT) está atrás da ambientalista nas pesquisas de intenção de voto para as eleições presidenciais de outubro

Enquanto o PSB e os integrantes da Rede Sustentabilidade em Pernambuco comemoram o crescimento da candidatura presidencial da ex-senadora Marina Silva (PSB) no Estado, o PT tem sua primeira aposta para reverter a situação depositada em cima da visita que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará ao Estado nesta quinta-feira (4); Pernambuco é o único estado do Nordeste onde a presidente Dilma Rousseff (PT) está atrás da ambientalista nas pesquisas de intenção de voto para as eleições presidenciais de outubro
Enquanto o PSB e os integrantes da Rede Sustentabilidade em Pernambuco comemoram o crescimento da candidatura presidencial da ex-senadora Marina Silva (PSB) no Estado, o PT tem sua primeira aposta para reverter a situação depositada em cima da visita que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará ao Estado nesta quinta-feira (4); Pernambuco é o único estado do Nordeste onde a presidente Dilma Rousseff (PT) está atrás da ambientalista nas pesquisas de intenção de voto para as eleições presidenciais de outubro (Foto: Paulo Emílio)

Pernambuco 247 - Enquanto o PSB e mais especificamente o coordenador da Rede Sustentabilidade m Pernambuco, Roberto Leandro (PV), comemoram o crescimento da candidatura presidencial da ex-senadora Marina Silva (PSB) em Pernambuco, o PT tem sua primeira aposta para reverter a situação depositada em cima da visita que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará ao Estado nesta quinta-feira (4).

Segundo Leandro, o crescimento das intenções de voto em relação a candidatura de Marina "já era esperado". As razões segundo ele, se devem ao capital eleitoral que a ambientalista detém desde as últimas eleições presidenciais, quando obteve surpreendentes cerca de 20 milhões de votos, e a influência do apoio do ex-governador Eduardo Campos (PSB), falecido em um acidente aéreo no último dia 13 de agosto.

De acordo com pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN) e divulgados nesta segunda-feira (01), Marina – que ocupava a vaga de vice na chapa socialista – possui 41% das intenções de voto contra 35% da presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT). O senador mineiro Aécio Neves (PSDB) possui apenas3% das intenções de voto do eleitorado pernambucano. Já o Pastor Everaldo (PSC) registrou apenas 1%. Segundo declaração de Roberto Leandro ao Blog do Jamildo, Marina poderá voltar a Pernambuco para um segundo ato de campanha ainda em setembro.

Já a presidente do PT em Pernambuco, deputada estadual Teresa Leitão, disse que os resultados da primeira pesquisa após a morte de Campos já eram, de certa forma esperados. Segundo ela, a presidente Dilma enfrenta mais de um adversário em Pernambuco. "Em Pernambuco, Dilma disputa diretamente com quatro adversários principais: Marina, Eduardo, Aécio e o "baixo nível" da campanha socialista", disse a petista.

Segundo ela, o baixo nível da campanha socialista estaria ligado a divulgação de boatos e informações falsas contra Dilma. "Disseram que ela (Dilma) vai acabar com o Bolsa Família e aumentar a idade mínima para aposentadoria das mulheres", disparou. Para reverter esta situação, o PT deverá trazer o ex-presidente Lula e a presidente Dilma para um ato de campanha no Estado ainda esta semana.

"Havíamos pedido quatro agendas, casadas ou separadas. Como em agosto não deu, eles estarão em Pernambuco ao longo deste mês", garantiu Teresa. Pernambuco é considerado estratégico para o PT, já que é o único estado do Nordeste onde Dilma não ocupa o topo das pesquisas eleitorais.

O primeiro ato de campanha será no dia 4 e contará com a presença de Dilma e Lula em um comício que será realizado em Brasília Teimosa, no bairro do Pina, Recife. NO dia seguinte, na sexta-feira, Lula deverá estar em Petrolina, no Sertão do Estado. Na ocasião, ele também fará um ato político em Juazeiro (BA), município vizinho a Petrolina. O ato em Brasília Teimosa é recheado de simbolismo para o PT.

Foi ali que em 2003 o então presidente Lula realizou um de seus primeiros atos de campanha ao levar 29 ministros e secretários de Estado para conhecer a realidade das palafitas que marcavam o local. Pouco tempo depois, o bairro de Brasília Teimosa foi requalificado com recursos do Governo Federal em parceria com o Governo do Estado e a Prefeitura da Cidade do Recife.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247